Vicentinos em missão pelos profissionais de saúde

0
2

Os profissionais de saúde do Hospital S. Sebastião são os visados da nova campanha de angariação de alimentos dos Vicentinos de Oliveira de Azeméis. A missão da associação continua a ser ajudar todas as famílias necessitadas, mas os Vicentinos não ficaram indiferentes ao que os profissionais de saúde têm feito pela comunidade e ao apelo deixado pelos médicos e enfermeiros na linha da frente contra a pandemia.
Marta Cabral
A ideia surgiu após o falecimento do avô, internado no Hospital S. Sebastião por causa da Covid-19, de um dos elementos dos Vicentinos de Oliveira de Azeméis. Jéssica Pires decidiu, então, falar com uma enfermeira para perceber a situação atual do Hospital da Feira. “O que me explicou foi que, na primeira vaga, houve muitas associações e restaurantes que iam levar coisas aos profissionais de saúde todos os dias e, neste momento, já não é igual. É raro ir lá alguém”, contextualizou Jéssica Pires. “Os líquidos e as barras energéticas, de rápido consumo, de facto, fazem falta quando saem do Covidário devido às horas que passam lá”, explicou, acrescentando que, como o Hospital S. Miguel, em Oliveira de Azeméis, estava “mais tranquilo”, a decisão recaiu imediatamente sobre o Hospital S. Sebastião.
A ideia é fazer uma primeira recolha de donativos e, caso seja necessário, reabrir uma segunda, de angariação de alimentos. “Quando entregarmos o que conseguirmos angariar esta semana vamos perceber se será necessário irmos lá outra vez ou se a situação fica mais estável”, afirmou Jéssica Pires. “O projeto ‘Cama Solidária’ ainda não chegou ao Hospital da Feira e, para já, as necessidades que o hospital apontou foram os líquidos, por causa da desidratação, e os bens de consumo rápido”, realçou.
Os Vicentinos continuam no terreno a ajudar as famílias do concelho “desde a primeira hora”. “Nunca paramos o nosso trabalho. Se na primeira vaga recebemos muitos pedidos de apoio, nesta os contactos regressaram novamente”, contou Jéssica Pires, enfatizando as parcerias que a associação tem com as escolas Soares Basto e Ferreira de Castro, que também fizeram campanhas de Natal em colaboração com os Vicentinos. “Enviaram-nos listas das famílias dos alunos que mais precisam e apoiamos quem precisa de uma ajuda mais regular, porque o apoio prestado às famílias pelos Vicentinos é mensal, como é o caso da medicação”, exemplificou.

 

Saiba como ajudar os profissionais de saúde do Hospital S. Sebastião
Há vários bens que pode deixar na Paróquia de Oliveira de Azeméis, no cartório, das 14h30 às 18h30 de segunda a sexta-feira. Entre os donativos, constam frutas, águas, sumos, barritas, queques, chocolates, mini croissants ou snacks (preferencialmente fechados). Se for necessário, pode contactar os Vicentinos de Oliveira de Azeméis pela sua página de Facebook, assim como através do perfil de Facebook de Jéssica Pires, a impulsionadora desta nova campanha.