Dez anos depois, e com a organização da CEFAMOL, a indústria de moldes voltou a reunir-se durante dois dias, em Leiria, para debater o presente e preparar o futuro. Os desafios da
tecnologia, formação e internacionalização estiveram em cima da mesa num debate onde ficou claro que o setor tem capacidade para se moldar e se capacitar para enfrentar o futuro.

 

 

Leia mais na edição desta semana, já nas bancas.

Comentários