São Marcos terá um novo ‘rosto’

Nordeste Fest OAZ’ irá dinamizar a zona

0
123

A requalificação do Monte de São Marcos é uma das aspirações do executivo da Junta de Fajões e, na última Assembleia de Freguesia, foi aprovada por unanimidade a aquisição de dois terrenos situados na encosta.

Marta Cabral

“A aquisição destes dois terrenos é importante para podermos avançar com a obra”, esclareceu o presidente da Junta de Freguesia de Fajões, Óscar Teixeira.
Antevendo que dois terrenos, localizados na encosta de São Marcos, pudessem interferir na elaboração do projeto do executivo para aquela zona, a Junta de Freguesia entrou em contacto com os respetivos proprietários. “Um dos proprietários vai doar o terreno e temos de adquirir o segundo”, explicou o autarca.
Desta forma, é previsível que as obras no Monte de São Marcos estejam concluídas “até ao final do ano”, uma vez que a candidatura para a sua requalificação já está aprovada.
No concurso, um dos pontos diz respeito à garantia de dinamização do espaço e, nessa sequência, o executivo pretende criar o evento ‘Nordeste Fest OAZ’, uma feira agrícola e gastronómica, uma vez que o Monte de São Marcos é o ponto turístico da freguesia “com maior potencial”.
Inicialmente, o executivo lançará o desafio às associações do nordeste do concelho. “Acho que, no futuro, conseguiremos chegar a um patamar idêntico ao do Mercado à Moda Antiga, que já é um patamar de nível nacional”, declarou Óscar Teixeira.

 

Assembleia de Freguesia sem presença da oposição
Na última Assembleia de Freguesia de Fajões, que aconteceu à porta fechada e sem presença de público, a oposição não esteve presente. Os membros do PSD manifestaram, numa declaração, o seu “repúdio” pela marcação da Assembleia. “Em abril de 2020, ainda a pandemia não tinha relevância expressiva, não foi convocada a sessão de abril, tendo sido efetuada em 19 de junho de 2020 no auditório dos Bombeiros Voluntários. Agora que está implantado o Estado de Emergência, com obrigatoriedade de estarmos em casa a partir das 20h00, não está a contribuir para a manutenção de saúde pública”.
Os elementos do PSD entendem que, “hoje em dia, para essa hora e enquanto permanecer o Estado de Emergência, outros mecanismos estariam ao dispor dos elementos da Assembleia, tais como videoconferência”. Até porque, “tratando-se de uma Assembleia de Freguesia extraordinária e de bastante importância para a freguesia de Fajões, só queríamos comunicar à Junta de Freguesia esse intuito para que tratassem de arranjar soluções para a realização da mesma. Como protesto e pela sua prepotência, não iremos comparecer enquanto o país estiver nestas condições”, refere a carta do PSD.
O presidente da Mesa da Assembleia, Luís Amorim, considerou que a carta da oposição “é que era uma prepotência”. “Só me foi apresentada hoje [05 de março] e a Assembleia foi convocada há mais de uma semana”, apontou, realçando que a Assembleia se realizou com o parecer das entidades competentes. “As atividades políticas não estão suspensas, devendo apenas ser cumpridas as regras de segurança determinadas pela Direção-Geral de Saúde no âmbito da pandemia”, leu, garantindo que as condições de segurança foram garantidas naquele espaço.

Rede viária e de águas residuais e pluviais serão intervencionadas
A minuta do contrato interadministrativo com a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis foi aprovada, por unanimidade, em Assembleia de Freguesia. Este protocolo diz respeito à execução de um conjunto de obras ao nível da rede viária e de águas residuais e pluviais, no qual o município comparticipa financeiramente com 41 mil euros. As intervenções envolvem a construção de condutas de águas residuais na Rua 10 de Maio, Rua 21 de Junho, Rua Sr.ª da Ribeira e Rua Padre Baltazar Pereira de Pina, a aplicação de defesas metálicas nas ruas da Retorta e do Pisão, a reconstrução de um muro na Rua Sebastião da Rocha Dias, a condução de águas pluviais na Rua Cidade de Lucé, a pavimentação de uma calçada próxima da Igreja Matriz e o alargamento e criação de uma ponte sobre o rio na Rua do Pisão. A construção de um patamar de segurança no cruzamento da Rua de S. Marcos com a Rua Conselheiro Dr. Albino Soares dos Reis está incluída nestas intervenções. Ainda na Assembleia de Freguesia foi, também, aprovado por unanimidade um novo contrato com os CTT.