A exposição coletiva ‘Juntos Desenhamos o Futuro’, uma iniciativa da associação juvenil Incentivo Positivo incluída no projeto ‘Percursos Cruzados’, é composta por 44 fotografias, tiradas com máquinas fotográficas descartáveis, cuja autoria pertence aos oliveirenses Ana Jorge, Florimundo Carvalho, Leonardo Santos, Magui Ramalho, Maria Auxília Silva, Maria Otília Pinto e Tavares Ribeiro.

Esta mostra fotográfica documenta “tesouros” que Oliveira de Azeméis guarda e, de “uma forma criativa e pouco convencional”, ‘desenha’ eventuais soluções que poderão transformar e potenciar o turismo cultural do concelho no futuro. A ação destaca-se, ainda, por ter “potenciado a reflexão” dos participantes sobre o futuro e a sua relação com o concelho.
Maria Otília Pinto, 71 anos e nascida em Oliveira de Azeméis, mostrou-se uma apaixonada pela sua terra: “Gosto das minhas raízes, dos costumes, tradições e da sua atual evolução cultural, económica, industrial e urbanística. Sou oliveirense de gema e alma.” Por sua vez, Ana Jorge, que não nasceu em Oliveira de Azeméis, mas que veio para o concelho aos oito anos, diz: “Adaptei-me muito bem, sobretudo por ser uma zona tranquila e a região ter tudo o que preciso. Quanto ao futuro? Esse é incerto, mas Oliveira de Azeméis será sempre a minha cidade.”
A iniciativa é o culminar de vários encontros que promoveram o diálogo intergeracional, a discussão e a valorização do território através da técnica photovoice, que potenciou situações de reflexão, partilha e criação de elos “que permitem alcançar a mudança”. Esta ação, levada a cabo pela associação juvenil Incentivo Positivo, no âmbito do ‘Percursos Cruzados’, é um projeto cofinanciado pelo Corpo Europeu de Solidariedade e apoiado pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Nesta ação específica o projeto contou também com a Foto Nogueirense e com a Universidade Sénior de Oliveira de Azeméis como parceiros.