Oliveirense vence em Viseu e dá um salto na tabela

II Liga

0
10

Depois de ter vencido o Feirense, a Oliveirense voltou a triunfar desta feita na deslocação a casa do Académico de Viseu e, assim, subiu ao 11º lugar da tabela. Num jogo que começou mais tarde meia hora devido ao gelo existente no relvado, a Oliveirense entrou melhor e logo aos quatro minutos adiantou-se no marcador com um remate de fora da área de Ono após passe de Filipe Gonçalves.
O Viseu respondeu de bola parada ao minuto 23. Na marcação de um canto, o ex-Oliveirense Diogo Santos saltou mais alto que os adversários e cabeceou para o fundo das redes novamente à guarda de Arthur.
Com o golo, os viseenses cresceram no encontro e acercaram-se com mais perigo da área da oliveirense na tentativa de chegar à vantagem. Arthur, com uma grande intervenção, negou o segundo golo à equipa da casa e aos 43’ Zimbabwe, em boa posição, cabeceou ao lado da baliza.
Na segunda parte, e numa altura em que a equipa da casa até estava melhor no encontro, a Oliveirense chegou ao segundo golo. Na sequência de um canto, ao minuto 77, surgiu Raniel a aproveitar uma bola mal aliviada pela defesa dos viseenses e a empurrar para o fundo da baliza.
Na próxima sexta-feira (18h00), a Oliveirense recebe o ‘lanterna vermelha’ do campeonato, o Varzim.

Ac. Viseu, 1
Oliveirense, 2
Ac. Viseu: Ricardo Fernandes; Mesquita, Filipe, Pica, Jorge Miguel; Diogo Santos, Zimbabwe (Carter, 79’), Joel (Luisinho, 46’), João Vasco (Yuri Araújo, 68’); Paul Ayongo e Paná (Fernando Ferreira, 68’). Treinador: Pedro Duarte.

Oliveirense: Arthur; Leandro, Raniel, Steven Pereira, Leo Bahia; Filipe Gonçalves, Ono (Pedro Machado, 73’), Oliveira (Luiz Henrique, 90’+4’); Bortoluzo (Thalis Henrique, 62’), Miguel Lima (Dionathã, 73’) e Jorge Teixeira. Treinador: Raul Oliveira.

Estádio do Fontelo, em Viseu.
Árbitro: Bruno Rebocho (AF Lisboa).
Assistentes: João Letras e Pedro Sousa.
Cartão amarelo:  Paná (14’), Ayongo (21’), Joel (38’), Ono (44’), Leo Bahia (82’), Fernando Ferreira (83’), Jorge Miguel (90’), Leandro (90’+2’).
Marcadores: Ono (4’), Diogo Santos (23’), Raniel (77’)

Oliveirense igualou a melhor série
Com o triunfo em Viseu, a Oliveirense somou a segunda vitória seguida para o campeonato e subiu ao 11º lugar da tabela com 17 pontos, ao mesmo tempo que colocou um ponto final numa série de quatro jogos sem derrotas do Viseu, que caiu para o 15º lugar com menos um ponto que o emblema de Oliveira de Azeméis. A Oliveirense apenas por uma vez esta época tinha somado duas vitórias seguidas, e ainda sob o comando técnico de Pedro Miguel, quando venceu em Sesimbra para a Taça de Portugal e em Chaves para o campeonato, a 11 e 20 de outubro, respetivamente.

Rui Dabó operado e com época em risco
O guarda-redes da Oliveirense Rui Dabó foi submetido, na passada sexta-feira, a uma intervenção cirúrgica ao joelho direito e é quase certo que não deverá jogar mais esta temporada devido ao longo período de recuperação que terá de enfrentar. A lesão, contraída durante um treino, já há várias semanas que afastou o guarda-redes guineense, de 26 anos, dos treinos da Oliveirense e das listas de convocados. Rui Dabó chegou no início desta temporada ao clube de Oliveira de Azeméis e ainda não cumpriu qualquer minuto na baliza da Oliveirense.