Oliveirense falhou a fuga ao ‘lanterna vermelha’

Na segunda parte, a equipa da casa retraiu-se e sofreu para somar um ponto

0
13

Na receção ao último classificado, o Varzim, a Oliveirense não conseguiu vencer e, desta forma, ampliar a vantagem para a cauda da tabela classificativa. A equipa unionista marcou cedo, falhou oportunidades para ampliar a vantagem, sofreu o empate na segunda parte e acabou o jogo a sofrer para não perder.
Ana Catelas
Oliveirense e Varzim empataram a uma bola no jogo que abriu a 17ª jornada da II Liga. Jorge Teixeira marcou cedo para a equipa da casa e já na segunda parte Isaiah restabeleceu a igualdade numa partida com duas partes distintas e, sobretudo, com muitas oportunidades falhadas de parte a parte.
A Oliveirense entrou melhor na partida e criou várias situações para se adiantar no marcador, sendo a mais perigosa um livre, à direita, cobrado por Léo Bahia com a bola a passar rente ao poste direito sem que ninguém conseguisse o desvio. O golo viria a surgir pouco depois na sequência de um canto do Varzim com Miguel Lima a recuperar a bola e a assistir Jorge Teixeira que, na cara de Ricardo, não falhou o golo. A Oliveirense estava melhor na partida e o perigo voltou a rondar a baliza de Ricardo num lance em que Bortoluzo recebeu a bola nas costas da defesa varzinista e rematou para defesa apertada do guardião.
Com o Varzim a revelar muitas dificuldades para organizar o seu ataque, a Oliveirense procurava rápidos desequilíbrios pelas alas e, à passagem da meia hora, o segundo golo esteve novamente à vista, mas Bortoluzo não conseguiu a emenda ao cruzamento de Miguel Lima. O Varzim respondeu com Ofosu a assistir Lessinho, mas este, na zona de penálti e sem marcação, rematou colocado e a rasar o poste. Mesmo em cima do intervalo, Bortoluzo, de cabeça, voltou a falhar o golo que daria maior tranquilidade para a segunda parte.
Na segunda parte, a formação varzinista surgiu melhor, mais balanceada no ataque e a criar mais perigo junto da baliza de Arthur, sobretudo através das bolas paradas. A Oliveirense apenas ao minuto 64 voltou a ameaçar a baliza de Ricardo quando Oliveira rematou a rasar o poste após uma defesa incompleta do guarda-redes visitante na sequência de um livre de Leo Bahia. Pouco depois, valeu Arthur a sair aos pés de André Vieira para evitar o golo do empate. No lance seguinte, André Vieira cavou mesmo o penálti, num lance muito forçado, que Isaiah converteu. Nesta fase, a Oliveirense encolheu-se e o Varzim esteve mais perigoso na reta final, criando mesmo oportunidades para dar a volta ao marcador.

Oliveirense, 1
Varzim, 1
Oliveirense: Arthur; Hugo Oliveira (Dionathã, 84’), Steven Pereira, Raniel (Pedro Machado, 23’), Leo Bahia; Filipe Gonçalves, Oliveira, Ono; Miguel Lima (Pedro Ferreira, 84’), Bortoluzo (Thalis Henrique, 72’) e Jorge Teixeira. Suplentes não utilizados: Paquete, Pedro Machado, Sele Davou, Obi, António Gomes, Luiz Henrique. Treinador: Raul Oliveira.

Varzim: Ricardo; Tiago Almeida, André Micael, Luís Pedro, Cerveira; André Leão, Diarra (Rui Moreira, 56’), Isaiah; George Ofosu (André Vieira, 68’), Lessinho e Irobiso. Suplentes não utilizados: Lekbab, Yusuf, Pinheiro, Stanley, Agra, Nuno Valente, Rui Coentrão. Treinador: António Barbosa.

Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis.
Árbitro: Hélder Malheiro (AF Lisboa).
Assistentes: Rui Cidade e Gonçalo Freire.
Cartão amarelo: André Micael (45’), Tiago Almeida (54’), Arthur (60’), André Leão (65’), Leo Bahia (90’+1’), Oliveira (90’+1’)
Marcadores: Jorge Teixeira (7’), Isaiah (77’)

Defesa esquerdo lesionou-se a 3 de janeiro
Ricardo Tavares operado e com época em risco
O defesa esquerdo da Oliveirense, Ricardo Tavares, foi operado, na passada sexta-feira, a uma rutura no joelho direito depois de ter sofrido a lesão ao minuto 19 do encontro frente ao Benfica B, à 14ª jornada disputada no passado dia 03. Ricardo Tavares, que era o titular indiscutível na equipa, vai enfrentar vários meses de recuperação e não deve regressar mais esta época. Recorde-se que o médio Lamine e o guarda-redes Rui Dabó também já foram operados às respetivas lesões e dificilmente voltam a jogar esta temporada.

Defesa rescindiu
Israel deixa a Oliveirense
Israel já não é jogador da UD Oliveirense. O defesa direito rescindiu por mútuo acordo, conforme informou o clube nas suas redes sociais. O defesa, de 27 anos, participou em sete jogos esta temporada, cinco a contar para o campeonato e dois para a Taça de Portugal. O último encontro em que participou foi frente ao Paços de Ferreira, para a Taça de Portugal, tendo entrado em campo ao minuto 76 para render Ricardo Tavares.