Oliveirense caiu no prolongamento

0
7

Numa grande partida de basquetebol, que opôs a Oliveirense ao líder invicto do campeonato, o vencedor foi decidido apenas no prolongamento num jogo que marcou o fecho da primeira volta do campeonato e o regresso de João Balseiro, esta época, à competição após uma prolongada lesão.
Com as equipas a alternarem constantemente na liderança do marcador, aos leões foi valendo a inspiração de Travante Williams (melhor marcador) num jogo muito disputado diante de uma Oliveirense bem organizada defensivamente e que chegou em vantagem ao intervalo (45-46).
No final do terceiro período, a equipa unionista continuava em vantagem (56-57) e, no derradeiro quarto, o Sporting chegou a ter uma vantagem de seis pontos (70-64), mas a reação da Oliveirense surgiu pelas mãos de Alston e Matthews com este a levar o jogo para o prolongamento. Aqui, a Oliveirense revelou um desacerto ofensivo que se tornou fatal para o desfecho do encontro. No passado dia 03, a Oliveirense recebeu e venceu o Esgueira (86-81) numa partida também muita equilibrada.

Oliveirense falha Taça da Liga
A Oliveirense falhou o acesso à Taça da Liga e não vai poder defender o troféu que conquistou nas últimas duas temporadas. Sporting, FC Porto, Benfica e Imortal são as equipas apuradas na prova.

 

Sporting, 85
Oliveirense, 78*
*Após prolongamento

Sporting: Diogo Ventura (17), James Ellisor (9), Travante Williams (27), João Fernandes (6) e John Fields (7).
Jogaram ainda: Shakir Smith, Cândido Sá (4), Cláudio Fonseca (5) e Pedro Catarino (10).
Treinador: Luís Magalhães.

Oliveirense: José Barbosa (4), Travis Munnings (12), João Grosso (4), Shaquilw Cleare (14) e Justin Alston (14).
Jogaram ainda: EC Matthews (6), João Guerreiro (13) e João Balseiro (12).
Treinador: Norberto Alves.

Pavilhão João Rocha.
Árbitros: Carlos Santos (Lisboa), Bruno Alvarinhas (Lisboa) e Rui Ribeiro (Lisboa).
Por períodos: 21-19; 24-27; 11-11; 18-17; 11-4.