Oito oliveirenses nos Cuidados Intensivos

0
1

O número de oliveirenses nos Cuidados Intensivos do Hospital S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, duplicou numa semana. Se antes estavam quatro pessoas internadas na unidade hospitalar, agora são oito – seis homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 42 e os 79 anos.

No entanto, nem tudo são más notícias, até porque estão 34 pessoas na enfermaria, quando na semana passada se encontravam 39. Num universo total, o Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga tem 144 pessoas internadas e 28 nos Cuidados Intensivos.
Os números não enganam. Numa semana, Oliveira de Azeméis, concelho considerado de risco muito elevado, registou mais 253 pessoas infetadas com o novo coronavírus. Apesar de já ter começado a vacinação nos lares, a realidade é que ainda faltam alguns, uma vez que têm surtos ativos provocados pelo vírus. “Aguardamos que esse surto passe para que os utentes e colaboradores sejam vacinados”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, em declarações ao Correio de Azeméis.
O autarca adiantou, ainda, que não tem informações sobre a previsão do início da vacinação aos bombeiros e forças de segurança do concelho. “Estou convencido que estes profissionais sejam vacinados rapidamente. Estamos a falar de três centenas de pessoas que serão vacinadas, mais ou menos, em dois ou três dias”, considerou o edil. “É importante que esta vacinação comece e que seja agendada a data de início da vacinação destes grupos prioritários”, declarou. O edil aproveitou para esclarecer a “especulação” que houve “em torno dos autarcas”, enfatizando que “ninguém foi contactado” para ser vacinado.