Volta a Portugal passa em Oliveira de Azeméis dia 11 de agosto

Destaques Desporto Ciclismo

Oliveirense é uma das equipas na prova

A Volta a Portugal estará nas estradas entre 04 e 15 de agosto. No dia 11, os ciclistas vão passar em Oliveira de Azeméis naquela que é a 6.ª etapa da prova e que vai ligar Águeda até à Maia, num total de 159,9 km. A equipa Kelly/Simoldes/Oliveirense estará, mais uma vez, a competir naquele que é o maior evento desportivo do Verão.

Ana Catelas

A edição de 2022 da Volta a Portugal Continente, que vai disputar-se entre 4 e 15 de agosto, vai passar, mais uma vez, em Oliveira de Azeméis. No dia 11 de agosto, os oliveirenses vão poder sair à rua para ver passar os melhores ciclistas portugueses, e não só, ao mesmo tempo que vão ter a oportunidade de ver e aplaudir os corredores da formação da Oliveirense, que volta a integrar este que é o maior evento desportivo do Verão. A 83.ª Volta a Portugal foi apresentada nesta tarde de sexta-feira e tem como maior novidade o final da quinta etapa no Observatório de Vila Nova, em Miranda do Corvo, uma exigente subida de primeira categoria, que dará maior ânimo aos trepadores na luta pela camisola amarela.

Tal como aconteceu em 2021, um prólogo de 5,4 quilómetros em Lisboa dará início à competição.

A primeira etapa, a mais longa de toda a Volta a Portugal, no dia 05 de agosto, vai ligar Vila Franca de Xira a Elvas, num total de 193,5 km. 

Oliveira de Azeméis recebe a passagem da sexta etapa da prova rainha do ciclismo nacional no dia 11. Após a partida em Águeda às 13h30, o pelotão deve chegar a Oliveira de Azeméis, vindo de Travanca, por volta das 14h55, passando na Avenida Ferreira de Castro (Modelo/Continente), em direção à Av. Eng. Arantes de Oliveira, passando pelas ruas Manuel Brandão, Eça de Queiroz (sentido proibido), Dr. António Luis (Pai) e Rua 16 de Maio antes de passar a Meta Volante instalada na Rua Dr. Salvador Tavares Machado, na cidade, ao fim dos primeiros 59,1 percorridos daquela quinta-feira e numa altura em que ficam a faltar 100,8km para a meta instalada na Maia. Os ciclistas seguem em direção ao posto da GNR a caminho de Nogueira do Cravo, pela Via do Nordeste, passando depois em São João da Madeira. Esta etapa tem o seu final na Avenida Luís de Camões, na Maia, ao fim de 159,9 km percorridos.

Tal como vem sendo tradição, as decisões ficam guardadas para as duas últimas etapas: a mítica chegada à Senhora da Graça na penúltima etapa e um contrarrelógio individual de 18,6km a fechar. Este terá início zona oriental da cidade do Porto e termina na área ribeirinha de Gaia.

O pelotão contará com as equipas continentais portuguesas, às quais se juntam quatro formações de categoria ProTeam - Burgos-BH, Caja Rural-Seguros RGA e Euskaltel-Euskadi (Espanha), Human Powered Health (Estados Unidos da América) - e cinco equipas continentais estrangeiras: BAI Sicasal Petro de Luanda (Angola), Electro Hiper Europa-Caldas (Colômbia), ProTouch (África do Sul), Trinity Racing (Reino Unido) e Wildlife Generation Pro Cycling (Estados Unidos da América).

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Jovem de 15 anos atropelada
30/01/2023
‘Carnaval de Pindelo’ promete arrasar
30/01/2023
Hattrick de Martinez na goleada da Oliveirense
30/01/2023
Três pontos garantidos já perto do final
30/01/2023
Homenagem a Henrique Vieira
30/01/2023
Juniores da Oliveirense golearam
30/01/2023
Estoril empresta Serginho à Oliveirense
30/01/2023
Anthony Carter chegou e já mostrou trabalho
30/01/2023