‘Vila Fest’ regressa a Cucujães

Freguesias Cucujães

A 09 DE JULHO E COM MUITA DIVERSÃO

O ‘Vila Fest’ está de regresso a Cucujães, no dia 09 de julho. A associação ‘Amigos da Bancada de Cucujães’, na pessoa de João Canelas, secretário e coordenador do evento, e Carlos Fonseca, vice-presidente, estiveram nos estúdios da Azeméis TV/FM para apresentar o cartaz da quarta edição do festival. Miss Sheila, Nuno Clam e Rapturário são os cabeça de cartaz.

Música e animação
“Temos um evento muito ligado à eletrónica, porque queríamos usar música instrumental, bandas de rock, metal, mas todas elas nos cobram muito dinheiro (…) Vamos ter a Miss Sheila, o Nuno Clam, o Raptuário, outros Dj’s (...) Começamos às 15 horas e estendemo-nos até às 04h da manhã”. 
João Canelas 

Evento de entrada gratuita
“A entrada é gratuita, porque ainda não temos as condições de segurança necessárias para cobrar uma entrada. A partir do momento em que cobramos entrada temos de garantir a segurança de todos que estão lá dentro (…) Estamos a estudar a situação para implementar para o ano”. 
João Canelas

Nova localização: Campo do AC Cucujães
“Escolhemos este novo espaço porque o antigo, o anfiteatro de Cucujães, está em obras e não o podemos usar. Achamos que este espaço vai cativar mais gente, porque é muito melhor e mais aberto”. 
João Canelas

 

“O antigo espaço era brutal, mas começou a tornar-se pequeno para a dimensão que o festival estava a ganhar”. 
Carlos Fonseca

A história do ‘Vila Fest’: um festival com “boa vibe”
“O Vila Fest nasceu com o objetivo de captar mais juventude para a terra e dinamizar a que já temos. Cucujães é uma freguesia envelhecida, mas que tem muita juventude ativa (…) O ‘Vila Fest’ também surge porque deixou de existir o festival da juventude, e a malta achava que tínhamos capacidade para fazer um evento deste género”. 
João Canelas

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Sub-17 da Oliveirense erguem o troféu de campeões
26/02/2024
“As sondagens têm um papel de condicionar o voto”
26/02/2024
CDU quer distribuição de riqueza
26/02/2024
Carlos Fonseca, o ‘pai’ do teatro oliveirense
26/02/2024
Biografia de Ferreira de Castro apresentada
26/02/2024
UNIR continua em falha
26/02/2024
Lulucabit, um talento oliveirense
26/02/2024
GM Macinhatense irá celebrar 89 anos
26/02/2024
PUB