Em
Correio de Azeméis

29 Jun 2022

Proteja a sua saúde, beba água da rede pública

Destaques Concelho

Conheça o que diz um profissional de saúde pública do ACES Aveiro Norte

Miguel Monteiro da Rocha *

A água é um bem essencial à vida e constitui cerca de 60% do corpo humano. Nesse sentido, a qualidade da saúde de cada um também está relacionada com a qualidade da água que ingere. A rede pública de abastecimento de água, garante o acesso a água segura e de qualidade, sendo devidamente tratada e testada regularmente. Por outro lado, o consumo humano de água de poços, furos, ou outras captações alternativas, constitui um risco para a saúde do próprio e sua família. Este risco é maior nos mais vulneráveis, como as crianças, os idosos e os doentes, podendo provocar doenças diarreicas, febre tifóide, hepatite A, entre outras. A contaminação da água de poços e furos pode suceder de forma súbita e desconhecida para o utilizador, por exemplo quando produtos contaminantes como determinados fertilizantes agrícolas, pesticidas e detritos orgânicos, são utilizados no solo, potencialmente contaminando as águas subterrâneas. Por estes motivos, a água de poços e furos não deve ser utilizada para consumo humano, apenas para rega e lavagens de pavimentos. 
A ligação à rede pública de abastecimento de água é obrigatória por lei, caso esta esteja disponível a menos de 20 metros do limite da propriedade. O seu incumprimento constitui contraordenação punível com coima até 3.740€, se o infrator for pessoa singular, ou até 44.890€ se pessoa coletiva. 
A ligação à rede de saneamento reveste-se também de particular importância para a comunidade. A ausência da ligação à rede de saneamento constitui um risco para o meio ambiente na medida em que pode causar a sua degradação, nomeadamente por contaminação dos solos e das linhas de água, representando assim um risco para a saúde pública. 
A ligação à rede pública de água e saneamento é assim, de importância vital para a saúde da população. Proteja a sua saúde, beba água da rede pública. 

 * Médico interno na unidade de saúde pública do ACES Entre e  Douro e Vouga II (Aveiro Norte)
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Grupo de Cantares e Romarias de Travanca voltará a atuar no dia 28 de fevereiro
8/02/2023
Carnaval oliveirense terá sete grupos participantes
8/02/2023
Colisão deixou homem de 59 anos ferido
8/02/2023
Idosos evacuados de casa pelos bombeiros
7/02/2023
Derrota no último minuto
6/02/2023
Ossela B volta a ganhar
6/02/2023
Oliveirense meteu a quinta!
6/02/2023
CD Cucujães voltou às vitórias
6/02/2023