Em
Correio de Azeméis

28 Jun 2022

Politicamente (in)correto

CHEGA

Manuel Almeida *

O primeiro-ministro português continua a mentir aos portugueses semana após semana, com a conivência do partido da governação, o PS.
Há 2 semanas atrás, António Costa garantiu aos portugueses que os problemas no SNS estariam solucionados na segunda-feira seguinte, mas ao dia de hoje e passadas 2 semanas, os problemas persistem e não se vislumbram melhorias num curto espaço de tempo. Continuamos com os mesmos problemas e assistimos ao colinho dado pelo primeiro-ministro à ministra da saúde que já mostrou ser incompetente para desempenhar a função para a qual foi delegada. Pelo meio assistimos à criação de mais uma comissão, que sabemos que nada resolve, e a declarações anedóticas e surreais da directora geral de saúde.
António Costa mentiu quando afirmou no parlamento que os portugueses tinham aumentado rendimentos e que estavam melhores que no passado recente. Será que aqueles portugueses que já tiveram que cortar nas despesas básicas para não falharem com os pagamentos mensais estão de acordo com as afirmações de António Costa?
António Costa mentiu ao garantir no parlamento que o apoio para o cabaz alimentar dos mais pobres seria renovado por mais 3 meses, mas afinal será só um mês!
Temos um primeiro-ministro que mente descaradamente e pinta uma realidade de um país que não é o nosso. Talvez António Costa viva num país encantado de contos de fadas e unicórnios só possível no reino socialista.
No reino Oliveirense a historia não difere muito da anterior. Uma grande maioria, senão todos, dos pavilhões desportivos não possuem licença de utilização. Como é possível isto acontecer? Como é possível a autarquia ser tão irresponsável a este ponto? Talvez a irresponsabilidade não seja só do partido que governa actualmente a autarquia mas também do partido anterior, mas é ao actual executivo que compete fiscalizar e agir em conformidade.
Em relação ao painel existente em Stº António e segundo as palavras proferidas há uns meses atrás pelo edil Oliveirense em que afirmava que com a tecnologia existente seria possível “deslocar” o painel sem danificar um grande número de azulejos, mas nestes últimos dias parece que afinal isso já não é possível, optando-se por destruir património e criando réplicas.
Destruir e expropriar sempre andaram de mãos dadas com o socialismo!
* Presidente da Comissão política  Concelhia do CHEGA
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Marcelo Marques deixou a Oliveirense e assinou pelo Anadia
4/02/2023
Yamagata assume a SAD Oliveirense
4/02/2023
Joaquim Jorge não tem dúvidas: “Mudança para bitola ibérica é a melhor solução”
3/02/2023
Mercado à Moda Antiga “com mais de 100 inscrições”
2/02/2023
Ainda sem garantias Polícia Municipal pode chegar em 2024
2/02/2023
Colisão entre carro e bicicleta deixou uma mulher ferida
2/02/2023
É oficial. Oliveirense apresentou Kazu Miura
1/02/2023
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023