Onde estás bazuca?

Bilhete Postal

Eduardo Costa *

“Uma montanha de dinheiro da União Europeia que vai transformar Portugal, a última oportunidade para fazer sair o país da cepa-torta, finalmente!” Agora é que vai ser, com um pacote financeiro de dinheiro a fundo perdido da Eurolândia como jamais existiu, a famosa bazuca europeia! A grande oportunidade para equilibrar a balança comercial com o exterior. A oportunidade para investir no nosso futuro, assegurar o futuro, garantir que as gerações vindouras vão herdar um país melhor! Um país com futuro! Finalmente!

Creio que todos ouvimos isto. E muitos ficaram crentes. “Com tamanha quantidade de dinheiro dado finalmente vamos ter condições para garantir o futuro!” Vamos?!
Na prática, é mais do mesmo. É mais uma oportunidade desperdiçada! 
Vejamos: A maior fatia da montanha de dinheiro vai para o estado. Os dez maiores consumidores dessa bazuca são empresas ou instituições do estado. A maior parte delas de Lisboa. Na prática, a bazuca vai pagar as despesas que o estado tem que pagar. ‘Em compensação’, as contas do estado vão ficar ‘certas’! Vai ser um festim! Temos ‘contas certas’ no estado! Vão ser as manchetes, os discursos! ‘Contas certas’ porque está a ser desviado para pagar as contas do estado o montão de dinheiro da Eurolândia. Que devia ser usado para investir no nosso futuro! “Futuro? Que é isso? O importante é termos contas certas hoje! O importante é assegurarmos o tacho hoje!” Estes discursos enojam! 
Pouco parece importar quem nos governa e sempre governou, que os nossos jovens e melhores profissionais abandonem o país! Porque sentem que aqui não tem futuro! 
Um país sempre adiado… Triste sina a nossa. 
* Jornalista, presidente da  Associação Nacional da Imprensa Regional
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Mercado à Moda Antiga “com mais de 100 inscrições”
2/02/2023
Ainda sem garantias Polícia Municipal pode chegar em 2024
2/02/2023
Colisão entre carro e bicicleta deixou uma mulher ferida
2/02/2023
É oficial. Oliveirense apresentou Kazu Miura
1/02/2023
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023
Trabalhar Para Mudar
31/01/2023
Politicamente (in)correto
31/01/2023
Pensar o Futuro
31/01/2023