Mulher de Macieira de Sarnes assassinada

Macieira de Sarnes Destaques

Casal estava separado há cerca de um mês

Uma mulher, de 51 anos, foi baleada, na madrugada do passado sábado, pelo ex-marido e acabou por falecer algumas horas depois no Hospital de Gaia para onde foi transportada em estado crítico após ser atingida na cabeça com disparos de uma arma de fogo.

Celestina Ferreira era natural de Macieira de Sarnes e residia em Fajões há cerca de um mês, após se separar de Adriano Campos com quem viveu uma vida em conjunto ao longo de mais de 20 anos. O crime ocorreu na freguesia de Escariz, em Arouca, por volta das duas horas da madrugada, dentro do carro do homem que transportava a mulher a casa depois de uma noite de convívio que ambos mantinham apesar da separação. 
O agressor parou o carro junto da habitação onde ambos viveram e aí terá cometido o disparo que viria a ser fatídico para Celestina Ferreira. Depois de deixar a vítima no carro, o homem dirigiu-se para a casa e, na presença de familiares, terá tentado o suicídio, que só não foi consumado por avaria mecânica da arma naquele momento. Ausentou-se, depois, para parte incerta e foi, ao final da manhã de sábado, detido pelas forças policiais, sem oferecer qualquer resistência, num edificado abandonado junto à sua residência. Adriano Campos apresentava lesões em ambos os membros superiores, ao que tudo indica, compatíveis com a prática de tentativa de suicídio. Já sob detenção, o agressor foi transportado ao Hospital da Feira.
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023
Trabalhar Para Mudar
31/01/2023
Politicamente (in)correto
31/01/2023
Pensar o Futuro
31/01/2023
Contraditório
31/01/2023
Visão de futuro
31/01/2023
Ainda os 100 anos do Correio de Azeméis
31/01/2023
As Pessoas. Certas.
31/01/2023