Macieira de Sarnes quer Zona Industrial

Macieira de Sarnes Destaques

Presidência Aberta: Quinta do Miranda é “fundamental”

Macieira de Sarnes, foi a segunda freguesia do concelho a receber a Presidência Aberta. A Quinta do Miranda está à venda e a população macieirense quer ver aquele espaço transformado numa resposta de recreio e lazer.

A Presidência Aberta continua a percorrer as freguesias do concelho e no dia 20 de março, chegou a vez de Macieira de Sarnes acolher a iniciativa. Joaquim Jorge, presidente da câmara municipal, juntamente com a sua vereação, foram guiados pela presidente da Junta de Freguesia de Macieira de Sarnes, Florbela Silva, numa visita à freguesia. No final da tarde, a população reuniu-se com os autarcas numa sessão onde apresentaram as suas ideias e preocupações para o futuro. 

A Quinta do Miranda 
“A Quinta do Miranda, com toda a certeza que é estratégica para o desenvolvimento da nossa freguesia. A junta de freguesia não tem dinheiro para pagar 350 mil euros que é o que a proprietária pede pela sua venda. Abriria portas para uma nova centralidade, para a construção de um novo centro cívico. Primeiro gostava de saber se o centro regional da cultura do norte tem abertura para depois podermos edificar e construir os nossos projetos”. 
                                          Florbela Silva,  presidente da Junta de Freguesia de Macieira da Sarnes

 

“Vamos perceber até que ponto temos capacidade para satisfazer essa ambição da população macieirense. Não queremos fazer um investimento que compra outros investimentos que estamos a fazer. Não queremos ter um espaço que depois fique abandonado por muitos anos, queremos ter perspetivas de que logo que o adquiramos possamos intervir no sentido de começar a construir estas respostas que a população ambiciona”. 
                                                                                        Joaquim Jorge, presidente da câmara municipal

 

Museu dos Chapéu 
 

“Fomos visitar a fábrica de chapéus artesanais, ‘Chapéus Real’. De lá saiu a ideia de talvez construirmos um museu do chapéu em Macieira de Sarnes. Uma amostra do chapéu nacional, também. É algo a valorizar. Não temos um espaço para fazer esse tipo de trabalho, no entanto, articularemos com o presidente para encontrar uma solução. Seria um ponto cultural, a valorizar na nossa freguesia”. 
                                            Florbela Silva,  presidente da Junta de Freguesia de Macieira da Sarnes

 

“Tivemos oportunidade de visitar uma fábrica de chapéus, onde se produz chapéus para várias geografias do mundo. Faria sentido onde tivéssemos possibilidade de se expor os chapéus que ali se produzem, mas chapéus que correspondem à cultura de várias regiões do globo. Faz sentido procurarmos um espaço onde seja possível criar essa resposta”. 
                                                                                         Joaquim Jorge, presidente da câmara municipal

 

Zona Industrial,  uma ambição
 

“Creio que a criação de uma área dedicada à atividade empresarial na nossa freguesia, traria desenvolvimento e progresso à nossa freguesia. Postos de trabalho atraem pessoas, pessoas geram comércio que por sua vez gera riqueza. Temos um potencial enorme que é a nossa proximidade a São João da Madeira. São João da Madeira é um território que está a sufocar, que terá que se expandir para as terras à sua volta, nomeadamente para Macieira de Sarnes. Os acessos que temos às autoestradas e aos IC’S, também é uma vantagem”.
                                            Florbela Silva, presidente da Junta de Freguesia de Macieira da Sarnes

 

“A nós, câmara municipal, cabe-nos estudar as bolsas de terreno que poderão reunir condições em termos de planeamento urbanístico para acolher investimento empresarial e acolher unidades industriais. É isso que estamos a fazer. Não é um investimento a qualquer preço. Queremos que essas unidades industriais sejam unidades sustentáveis, que não prejudiquem o nosso território, que não prejudiquem o nosso ambiente”. 
                                                                                         Joaquim Jorge, presidente da câmara municipal

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Sub-17 da Oliveirense erguem o troféu de campeões
26/02/2024
“As sondagens têm um papel de condicionar o voto”
26/02/2024
CDU quer distribuição de riqueza
26/02/2024
Carlos Fonseca, o ‘pai’ do teatro oliveirense
26/02/2024
Biografia de Ferreira de Castro apresentada
26/02/2024
UNIR continua em falha
26/02/2024
Lulucabit, um talento oliveirense
26/02/2024
GM Macinhatense irá celebrar 89 anos
26/02/2024
PUB