“Isto é um crime ambiental”

Destaques Concelho

Munícipe direcionou queixa à câmara municipal devido a dejetos lançados no seu terreno

“Um crime ambiental”, foi a denúncia feita por um munícipe à câmara municipal, que não quis ser identificado. Ao Correio de Azeméis, contou que há sete meses que tem contactado a autarquia por diversas vezes através de notificação de carta, mas as respostas que obteve foram escassas.
Foi no dia 11 de outubro de 2021 que se deu início ao processo de denúncia, no qual, o denunciante acusa que na Rua Vale do Solar, em Pindelo, onde é proprietário de um terreno, a pessoa adjacente à sua propriedade “tem uma manilha de betão no limite da divisão de terrenos, onde constantemente são lançados dejetos para o nosso terreno”, argumenta em declarações ao Correio de Azeméis.
Segundo o mesmo, a câmara municipal “ afirma tratar-se de chuvas pluviais, mas as fotografias comprovam o contrário”. “Nas últimas que tirei, a 26 de março, o problema permanecia e já não chovia há uma semana”, prosseguiu. Em declarações ao Correio de Azeméis, de acordo com a documentação fornecida pelo munícipe em questão, e acrescentando à denúncia feita, no terreno da pessoa denunciada  tem sido despejado entulho. Prática não permitida, visto ser um terreno de classificação florestal. Neste sentido, foi elaborado um auto de notícia, levando a que o processo fosse arquivado por parte da câmara. Apesar desta última notificação de arquivamento, o denunciante voltou a contactar a autarquia no dia 8 de abril, ao qual até hoje não obteve resposta. O Correio de Azeméis também questionou a câmara municipal, que referiu que através do número de processo fornecido “não é possível aceder às informações solicitadas.”   

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023
Trabalhar Para Mudar
31/01/2023
Politicamente (in)correto
31/01/2023
Pensar o Futuro
31/01/2023
Contraditório
31/01/2023
Visão de futuro
31/01/2023
Ainda os 100 anos do Correio de Azeméis
31/01/2023
As Pessoas. Certas.
31/01/2023