Instalações são “boas”, mas “curtas”

Destaques Concelho

INVESTIMENTO DE 600 MIL EUROS NA REQUALIFICAÇÃO DO CENTRO DE FORMAÇÃO ÁPIO ASSUNÇÃO (UDO)

O Centro de Formação Ápio Assunção tem uma nova cara. Inaugurado no passado sábado, 09 de abril, as requalificadas instalações da UD Oliveirense contam, agora, com um novo relvado, melhores balneários e salas de apoio, assim como com a introdução de equipamentos de eficiência energética. No entanto, apesar das melhorias, a direção considera que estas “são boas”, mas “já são curtas” para os 390 jogadores.

Horácio Bastos, presidente da UD Oliveirense, viu com muito bons olhos a obra que deu ao Centro de Formação Ápio Assunção “as condições que não tinha” para a “prática de futebol”. A requalificação, com investimento total de 600 mil euros, coloca o clube num patamar de relevo e demonstra a sustentabilidade com que se desenvolve. “Não estamos habituados a dar passos maiores do que a perna”, explicou. 
Apesar das melhorias, Horácio Bastos não está totalmente satisfeito: “Temos de crescer mais”, referiu. Para o presidente unionista, as atuais instalação não servem na totalidade as necessidades do clube e dos 390 atletas que diariamente pisam os relvados do Centro de Formação Ápio Assunção. “O próximo investimento da Oliveirense terá que ser a construção de outro centro de formação”, considerou Horácio Bastos explicando que o objetivo é deslocalizar os atletas mais velhos, dos escalões juvenis e juniores. O objetivo é ter “mais tempo” e “mais qualidade” de treino.
Em retrospetiva, Horácio Bastos, recordou seis anos de “objetivos cumpridos”, de uma direção que está prestes a terminar três mandatos no comando do clube. Por fim, recebeu elogios ao trabalho desenvolvido e foi, ainda, desafiado a apresentar recandidatura nas eleições que se avizinham. 

 

“Quando apostamos na formação apostamos nos jovens, e quando apostamos nos jovens estamos a apostar no futuro. O futuro da UD Oliveirense passa por continuarmos a assegurar um formação de qualidade (…) A melhor prenda que podíamos dar ao clube nos 100 anos era criar condições para que continue a escrever páginas gloriosas no seu historial desportivo e continue a ser um clube de referência no panorama nacional em várias modalidades”. 
Joaquim Jorge, presidente da CM de O. de Azeméis

“Parabéns à UD Oliveirense por esta magnífica. Sabemos que os clubes não conseguem tudo sozinhos e, neste caso, a autarquia tem um papel importantíssimo. Nós, Associação de Futebol de Aveiro temos de agradecer às autarquias que, durante estes anos de pandemia, foram o sustento dos clubes” 
Arménio Pinho, presidente da Assoc. de Futebol de Aveiro

 

“Temos de terminar com o mito de que o que importa é construir obras megalómanas, com muito cimento e ferro. Este complexo, e tudo o que se vê à volta, representa tudo o que deve de ser, e que pode ser, o desporto. Do ponto de vista ambiental, organização do território, atrativo, de fácil acesso, e junto com as escolas e espaços educativos. É na escola que tem de ser feita a aposta e captação de jovens para a formação”. 
Vítor Baltazar Dias, delegado regional do IPDJ

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Jovem de 15 anos atropelada
30/01/2023
‘Carnaval de Pindelo’ promete arrasar
30/01/2023
Hattrick de Martinez na goleada da Oliveirense
30/01/2023
Três pontos garantidos já perto do final
30/01/2023
Homenagem a Henrique Vieira
30/01/2023
Juniores da Oliveirense golearam
30/01/2023
Estoril empresta Serginho à Oliveirense
30/01/2023
Anthony Carter chegou e já mostrou trabalho
30/01/2023