GRUPO FOLCÓRICO DE CIDACOS CONFECIONOU CALDOS TRADICIONAIS

Concelho

Festival de Caldos foi “um sucesso”

A sede do Grupo Folclórico de Cidacos foi placo de um dia cheio de sabores. Sabores de tradição e de história confecionados em forma de caldo. No passado sábado, teve lugar um ‘Festival de Cladocos’ que deixou muitos oliveirenses rendidos.
Pela sua forte ligação à gastronomia, e como eternos fundadores da confraria das papas de S. Miguel, o Grupo Folclórico de Cidacos considera ter uma “responsabilidade acrescida” em dinamizar eventos desta natureza. Em declarações à Azeméis TV/FM, António Resende, o presidente, mostrou-se extremamente satisfeito com a adesão dos oliveirenses à iniciativa. “Este é mais um sinal de vida do Grupo Folclórico de Cidacos e é uma força para outros grupos arriscarem”, referiu. 
Neste dia, os oliveirenses puderam saborear várias especialidades: o caldo vidreiro, “o caldo dos pobres, mas rico na essência”, verde e com muito “entulho”; o caldo caulino, representativo dos trabalhadores caulinos da Quinta do Covo, correspondente à canja; e, por fim, o caldo da Ti Micas, semelhante à tradicional sopa da pedra, conhecida inernacionalmente. 
A ideia de fazer um evento deste género surgiu da pelos “jovens do grupo” com a sua “vontade e força” de não deixar morrer a coletividade de Cidacos. “Há que fazer eventos e de uma forma diferente do habitual”, referiu António Resende. 

“Acho estes festivais uma maravilha e é um incentivo para nós mostrarmos a gastronomia de Oliveira de Azeméis.”
Palmira Vinha, ‘Ti Micas’

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Jovem de 15 anos atropelada
30/01/2023
‘Carnaval de Pindelo’ promete arrasar
30/01/2023
Hattrick de Martinez na goleada da Oliveirense
30/01/2023
Três pontos garantidos já perto do final
30/01/2023
Homenagem a Henrique Vieira
30/01/2023
Juniores da Oliveirense golearam
30/01/2023
Estoril empresta Serginho à Oliveirense
30/01/2023
Anthony Carter chegou e já mostrou trabalho
30/01/2023