Em
Correio de Azeméis

7 Feb 2022

Escolas do concelho continuam com amianto

Destaques Concelho

CÂMARA PREVE 500 MIL EUROS PARA A RESTANTE REMOÇÃO

O problema do amianto nas escolas do concelho de Oliveira de Azeméis ainda não foi totalmente resolvido, prevendo, a autarquia, um investimento de 500 mil euros para a restante remoção.

O amianto é a designação comercial utilizada para a variedade fibrosa de seis minerais metamórficos de ocorrência natural que, devido às suas propriedades teve, no passado, numerosas aplicações, nomeadamente, na indústria da construção. Assim, atualmente, encontra-se presente em diversos tipos de materiais tais como: telhas de fibrocimento, revestimentos e coberturas de edifícios, gessos e estuques, revestimentos à prova de fogo, revestimentos de tetos falsos, isolamentos térmicos e acústicos, entre outros, todos estes materiais utilizados na construção. Apesar de não constituir um perigo eminente, o amianto pode causar graves problemas de saúde quando inalado em grande quantidade. 
Segundo o presidente da câmara municipal, Joaquim Jorge, conseguir remover todo o amianto das escolas “é um passo muito importante”, uma vez que possibilita a erradicação de um “material nocivo para a saúde”, ficando o problema definitivamente resolvido.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Jovem de 15 anos atropelada
30/01/2023
‘Carnaval de Pindelo’ promete arrasar
30/01/2023
Hattrick de Martinez na goleada da Oliveirense
30/01/2023
Três pontos garantidos já perto do final
30/01/2023
Homenagem a Henrique Vieira
30/01/2023
Juniores da Oliveirense golearam
30/01/2023
Estoril empresta Serginho à Oliveirense
30/01/2023
Anthony Carter chegou e já mostrou trabalho
30/01/2023