Em
Correio de Azeméis

8 Feb 2022

Dois acidentes em quatro dias na Avenida dos Descobrimentos

Nogueira do Cravo Freguesias

> “EXCESSO DE velocidade” pode ser a causa

Na última semana, a Avenida dos Descobrimentos, em Nogueira do Cravo, foi ‘palco’ de dois acidentes, ambos envolvendo uma colisão entre um veículo ligeiro e um motociclo. No sábado, dia 29 de janeiro, o mais grave, terminou com uma das vítimas ferida gravemente. Já na terça-feira, dia 01 de fevereiro, o sinistro resultou em duas vítimas ligeiras.

Contactado pelo Correio de Azeméis, o presidente da Junta de Freguesia de Nogueira do Cravo, Gaspar Almeida, afirmou acreditar que a principal causa de ambos os acidentes foi o “excesso de velocidade”. “A via não apresenta nenhuma característica de perigo nem de risco eminente, tem um piso razoável e, por isso, praticam-se ali velocidades elevadas”, explicou. O limite de velocidade aplicado na Avenida dos Descobrimentos, uma via localizada dentro de uma localidade, é de 50 quilómetros por hora para todo o tipo de veículos, à exceção dos pesados de mercadorias, que devem circular a 40 quilómetros por hora. 
No entanto, por se tratar de uma “estrada nacional”, “está completamente fora da intervenção da junta de freguesia”. Gaspar Almeida referiu que, da sua parte, resta trabalhar no âmbito da sensibilização para a prática correta da condução, nomeadamente, o cumprimento do limite de velocidade. “Depende de todos nós, utilizadores, sermos responsáveis”, concluiu.

 

“Não há falhas da via (…) a mesma apresenta boa iluminação, não há registo de derrame de óleo, tem um pavimento regular, ou seja, não há causas diretas que possam ter causado os acidentes. A única razão que podemos apontar é, de facto, a falha humana e a falta de cumprimento pelo código da estrada e regras de trânsito”
Ricardo Fernandes, comandante dos Bombeiros de Fajões

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023
Trabalhar Para Mudar
31/01/2023
Politicamente (in)correto
31/01/2023
Pensar o Futuro
31/01/2023
Contraditório
31/01/2023
Visão de futuro
31/01/2023
Ainda os 100 anos do Correio de Azeméis
31/01/2023
As Pessoas. Certas.
31/01/2023