Convívio do Grupo Motard Joker animou a vila

Freguesias Cucujães

Oitavo convívio do grupo

O grupo motard ‘Joker’ voltou a reunir as ‘tropas’ no seu oitavo convívio, aberto não apenas para os amantes das duas rodas, mas também para todos os interessados que entre os dias 17 a 19 de junho passaram pelo Largo da Fonte das Manguelas, em Cucujães.
Baseado num conceito diferente, conforme explicou o presidente do grupo, Luís Silva, este foi “um convívio onde a intenção é que todos amigos e conhecidos de longe venham, mas não vão embora, ficando aqui três dias acampados”, começou por dizer aos microfones da Azeméis TV/FM.
Com diferentes atividades e animações dinamizadas ao longo dos três dias, o presidente aproveitou também a ocasião para demonstrar a sua satisfação por voltarem aos convívios, ao fim de mais de dois anos. “É uma alegria muito especial estarmos agora a regressar, é um evento que esteve parado, acho que todos nós estávamos a precisar de festas. Neste momento estamos aqui a viver um ambiente fantástico, o pessoal aderiu em força, estava tudo com saudades”, prosseguiu em declarações à Azeméis TV/FM.
Com atuações de grupos como ‘Pedra e Cal: Tributo aos Xutos e Pontapés’, ‘Pedro Piaf’ e ‘As Malparidas’, esta foi uma festa que arrastou diversos motards de diferentes pontos do país até à Vila de Cucujães.

“É com enorme satisfação que vemos regressar este evento promovido pelo grupo motard ‘Joker’. O grupo tem dinamizado um conjunto enorme de atividades na freguesia de Cucujães, com uma dinâmica muito importante e interessante. Acabaram de requalificar a sua sede, têm promovido muito o concelho, e, portanto, para nós é uma enorme satisfação podermos estar aqui hoje a assistir a esta enorme moldura humana. Ao longo destes três dias, trouxe muita gente a Cucujães.”
Hélder Simões, vereador da câmara municipal

 

 

 

 

“O tempo está a ajudar, estamos felizes. Não esperávamos ter tanta gente, depois de ter estado parado tanto tempo. Foi um convívio bom para nós e para a freguesia.”
Pedro Maia, membro do grupo Motard ‘Joker’

 

 

 

 

“Acho que, hoje em dia, o mundo das motas não é só dos homens. Já há muitas mulheres a gostarem de motas, que acompanham e têm a sua própria mota. É bom haver mulheres neste meio. Somos todas muito bem recebidas, não existem preconceitos e ficamos muito felizes por isso.”
Andreia Riqueza, membro do grupo Motard ‘Joker’

 

 

 

 

 

“Nós inaugurámos a sede, depois celebrámos os 10 anos do grupo e agora o retomar destes convívios, tudo no mesmo ano, é excelente.”
Fernando Mota, membro do grupo Motard ‘Joker’ 
 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Hóquei Feminino: Escola Livre empata com CA Feira
19/02/2024
Oliveirense pedalou na Volta ao Algarve
19/02/2024
Incêndio deflagrou em sapataria centenária no centro da cidade
19/02/2024
Programa Avançar
19/02/2024
O pavoroso Ciclone de 15 de Fevereiro de 1941
19/02/2024
Museu da Linha do Vouga é uma possibilidade
19/02/2024
BE apresentou medidas para Linha do Vouga
19/02/2024
Patinagem do CDC é vice-campeã do Torneio Abertura Rollart
19/02/2024
PUB