Contraditório

PSD

José Campos *

Dentro de alguns dias serão discutidos em reunião de Câmara e também em Assembleia Municipal o orçamento municipal e o plano plurianual de investimentos para o ano de 2023.
Este é um dos momentos mais importantes do ano autárquico, pois permite-nos perceber quais são as apostas do executivo e onde o mesmo se propõe investir os recursos disponíveis para o ano que aí vem.

Os vereadores do PSD e a comissão política do partido já foram informados sobre as linhas orientadoras do orçamento e sobre os principais investimentos que o executivo socialista pretende levar a cabo em 2023.
No entanto, nada de novo. Continua-se a constatar uma falta de estratégia e de ideias para o nosso futuro coletivo e uma aposta (como tem ocorrido nos últimos 5 anos) nas mesmas grandes obras, que custam milhões de euros. Estas obras são sempre as mesmas (o fórum municipal, o parque urbano, a garagem Justino) e aparecem todos os anos. No entanto, a realidade tem-nos mostrado que tardam a sair do papel.
No PSD defendemos outras prioridades.
Em matéria fiscal defendemos a diminuição da comparticipação no IRS, que neste momento está na taxa máxima e defendemos a isenção do pagamento de IMT para a aquisição de compra de casa até 175.000€ para os jovens oliveirenses.
Em matéria de proteção civil defendemos a instalação do programa de desfibrilhação automático externo em espaços e edifícios públicos.
Defendemos a requalificação das nossas zonas industriais, de forma a potenciar ainda mais a nossa dinâmica empresarial, garantido a manutenção de empregos e o desenvolvimento harmonioso do concelho.
Queremos a construção da via do Sudoeste e a conclusão da via do Nordeste.
No desporto queremos a manutenção atempada das nossas instalações desportivas e a reformulação de alguns equipamentos já existentes, de forma a dar-lhes outra dimensão.
Queremos a requalificação de todas as escolas básicas que ainda não foram intervencionadas.
Queremos mais bolsas de estudo para os nossos estudantes.
É prioritário o apoio às famílias mais carenciadas, identificadas pela segurança social, e às famílias numerosas (incentivo à natalidade) nas tarifas de água e saneamento e nas tarifas de resíduos sólidos urbanos domésticos.As freguesias, defendemos, são prioritárias. É necessário o investimento municipal nas freguesias, com equidade, com políticas de investimento que tornem mais homogéneo o nosso concelho e diminuam as assimetrias.
Estas são algumas prioridades do PSD aplicáveis já em 2023, e que comparam com as prioridades sempre adiadas do executivo socialista…. Entretanto, o concelho vai perdendo competitividade.
* Vereador do PSD de Oliveira de Azeméis

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023
Trabalhar Para Mudar
31/01/2023
Politicamente (in)correto
31/01/2023
Pensar o Futuro
31/01/2023
Contraditório
31/01/2023
Visão de futuro
31/01/2023
Ainda os 100 anos do Correio de Azeméis
31/01/2023
As Pessoas. Certas.
31/01/2023