Em
Correio de Azeméis

26 Oct 2022

Contraditório

PSD

Nuno Pires *

No passado domingo fez 5 anos que o Partido Socialista e o Engº Joaquim Jorge Ferreira tomou posse como Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
Muito haveria a dizer acerca das diversas áreas em que o município tem responsabilidade de gestão, promoção ou dinamização.
Mas mais do que aprofundar cada uma delas, convido todos os Oliveirenses a fazerem um exercício simples de reflexão:

Estaremos nós hoje melhor?
Na Rede Viária?
Na nossa Educação?
No Ambiente?
Na Autonomia das Freguesias?
Na Mobilidade?
Na Justiça?
Na Segurança?
No Associativismo?
No Desporto?
Nos Parques Industriasi?
No Turismo?
Na Cultura?
Na Juventude?
Estaremos nós melhor a apoiar as nossas IPSS?
Estarão os Recursos Humanos do nosso Município a ser melhor geridos e os
serviços cada vez mais céleres e eficazes?
Estaremos nós a caminhar para um concelho mais Jovem e menos Envelhecido?
Estaremos nós a caminho do melhor concelho para Viver, Investir e Trabalhar?
Não gosto de ser injusto, mas após uma profunda reflexão não identifico melhoras significativas na qualidade de vida dos Oliveirenses, algo que seja digno da tal “Revolução” que tanto nos prometeram.
Recordo-me do tempo em que o Partido Socialista era oposição e em que tudo parecia de fácil resolução. Em que tudo era criticável quanto mais não fosse porque estava a ser feito.
A um Presidente de Câmara Municipal exige-se muito mais do que o reconhecimento dos problemas e das dificuldades, exige-se a realização de obra e a resolução dos mesmos.
5 anos não são 5 dias e para mim já é tempo mais que suficiente para se ver alguma coisa.
É preciso trabalhar, é preciso lutar é preciso exigir porque 5 Anos é muito tempo para tão pouco.
* Presidente da Comissão Política Concelhia  do PSD de Oliveira de Azeméis

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Sub-17 da Oliveirense erguem o troféu de campeões
26/02/2024
“As sondagens têm um papel de condicionar o voto”
26/02/2024
CDU quer distribuição de riqueza
26/02/2024
Carlos Fonseca, o ‘pai’ do teatro oliveirense
26/02/2024
Biografia de Ferreira de Castro apresentada
26/02/2024
UNIR continua em falha
26/02/2024
Lulucabit, um talento oliveirense
26/02/2024
GM Macinhatense irá celebrar 89 anos
26/02/2024
PUB