Construir o futuro

CDS

Clemente Pinto *

Orgulho
O estudo realizado pela Pordata revelou que mais de 4 milhões de portugueses não têm capacidade para sobreviver em condições de independência e dignidade.
A nossa História foi assim e assim permanece apesar dos diversos modelos de Governo e das múltiplas reformas e reformas.


Falhámos neste aspecto de conseguir transmitir aos cidadãos como devem crescer económica e financeiramente, enquanto se desenvolvem fisicamente.
Este problema estrutural da nossa História revela, agora, a incapacidade das Famílias, da Escola e do Estado em encontrar forma de sensibilizar um Povo, que tão capaz é de trabalhar e criar valor, seja capaz de lidar com o dinheiro (obter rendimento e gerir esse rendimento por confronto com as suas despesas).
O dinheiro é em si uma abstracção mas é a plataforma que garantiu a génese das trocas, da especialização e da criação de riqueza que permitiu que a Humanidade tivesse atingido o desiderato: já há alguns anos é possível alimentar e assegurar a subsistência para todos os habitantes da Terra.
Incapaz de ficar indiferente, saliento que não devia ser necessário haver uma tão extensa intervenção do Estado, das instituições de solidariedade social (e muitos de nós, individualmente) para que minimizar esta conclusão.
Entretanto, verifico que a preocupação dos responsáveis continua a ser o Orçamento do Estado e as migalhas que são distribuídas aqui e ali. 
Bem precisamos de maior sensibilidade de quem tem a missão de dirigir e a responsabilidade de antecipar (o ideal) e resolver os problemas (quando não somos capazes de os antecipar e evitar que ocorram).
Eis uma tarefa que o CDS por certo irá analisar no sentido de ajudar a encontrar soluções para que possamos encarar o futuro com maior sentido de responsabilidade e com mais ORGULHO.
* Presidente Concelhio da Mesa do Plenário do CDS
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Marcelo Marques deixou a Oliveirense e assinou pelo Anadia
4/02/2023
Yamagata assume a SAD Oliveirense
4/02/2023
Joaquim Jorge não tem dúvidas: “Mudança para bitola ibérica é a melhor solução”
3/02/2023
Mercado à Moda Antiga “com mais de 100 inscrições”
2/02/2023
Ainda sem garantias Polícia Municipal pode chegar em 2024
2/02/2023
Colisão entre carro e bicicleta deixou uma mulher ferida
2/02/2023
É oficial. Oliveirense apresentou Kazu Miura
1/02/2023
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023