Em
Correio de Azeméis

11 Apr 2022

Construir o futuro

CDS

Jorge Melo Pereira *

“A política é a forma mais alta, maior, da caridade. O amor é político, isto é, social, para todos”, - quem o afirma é o Papa Francisco.

Na verdade, a política é salutar para todas as sociedades, desde que a mesma seja praticada em prol desta, no cariz social, da educação, da saúde, da economia. Muitas das vezes, confunde-se a política com a partidarite e suas ideologias. Embora que as cartas de princípios dos partidos políticos, tenham como objetivos comuns, o bem maior da sociedade, estes são muitas das vezes adulterados por interesses partidários e mesmo pessoais.
Enquanto político local, o que me fazia mover, nas funções que exercia na assembleia municipal, sempre se pautaram por políticas de interesse municipal e na defesa e melhoria dos munícipes, sempre desinteressadamente. Esse ciclo chegou ao fim, assim como qualquer outra função ainda em exercício.
Nuno Melo é o novo líder do CDS-PP, com toda a legitimidade e com a responsabilidade de fazer renascer o partido que faz falta a Portugal, na prossecução das suas ideologias políticas, assentes na democracia cristã, partido fundador da democracia em Portugal. O CDS-PP tem um enorme desafio pela sua frente. Evidencia-se a urgência na renovação dos seus quadros, a convergência dos militantes descontentes com um passado e fazer com que os Portugueses reaprendam a acreditar no CDS-PP. Para isso, também as Concelhias políticas, terão de dar o bom exemplo e com toda a certeza, a atual Concelhia, irá dar sinais aos Oliveirenses, de que o CDS-PP continua a ser uma instituição, que se sabe renovar e fortalecer, para bem da democracia Oliveirense e de Portugal.
Desejo aos Oliveirenses, uma Santa Páscoa.
 * VICE-PRESIDENTE CPC CDS OAZ

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023
Trabalhar Para Mudar
31/01/2023
Politicamente (in)correto
31/01/2023
Pensar o Futuro
31/01/2023
Contraditório
31/01/2023
Visão de futuro
31/01/2023
Ainda os 100 anos do Correio de Azeméis
31/01/2023
As Pessoas. Certas.
31/01/2023