Construir o futuro

CDS Opinião

O executivo socialista, como nos vem habituando, lança os foguetes e quem quiser que apanhe as canas. Assim é a sua máquina propagandista. Encontramo-nos em vésperas de eleições e o instrumento de bandeira a acenar aos oliveirenses são agora as contas municipais no que se refere à gestão socialista do ano de 2020, considerando-as como o melhor exercício dos últimos anos. Mas será assim mesmo? Na nossa perspetiva, entendemos que não e passo a explicar: A receita do município tem vindo a aumentar de ano para ano, mesmo em contraciclo com a economia em geral, devido à crise pandémica que a todos afetou, com exceção da câmara municipal que continua a bater recordes de receitas através de impostos e transferências diretas do Estado. O povo é quem paga. Com este nível elevadíssimo de receitas e as baixas taxas de execução, recorde-se que em 2019 tiveram a menor taxa de execução de sempre 27%, o que representa que, em cada 100 euros disponíveis para investimento, apenas investiram 27 euros, muito poucochinho, e daí resultam os saldos de gerência na ordem dos 19 milhões de euros. Foi a opção deste executivo que preferiu concentrar os seus investimentos na reta final de 2020 adiando-os para o ano de 2021, ano que, como todos já perceberam, de conquistar o voto. Não poderemos considerar contas positivas quando este executivo imputa aos consumidores, já servidos pela rede de água, o pagamento da fatura de ampliação da mesma, para os futuros consumidores. Muito menos de positivo, quando este executivo no presente, está a hipotecar o futuro da centralidade da cidade com a implementação da central de transportes no atual mercado. Também até ao momento, nem uma nova rua está projetada e a reabilitação das zonas industriais só lá para depois de 2022. Nada de novo, o que tanto criticavam no passado passou a ser o seu modus operandi no presente. Jorge Melo Pereira, Líder do grupo municipal do CDS-PP

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Marcelo Marques deixou a Oliveirense e assinou pelo Anadia
4/02/2023
Yamagata assume a SAD Oliveirense
4/02/2023
Joaquim Jorge não tem dúvidas: “Mudança para bitola ibérica é a melhor solução”
3/02/2023
Mercado à Moda Antiga “com mais de 100 inscrições”
2/02/2023
Ainda sem garantias Polícia Municipal pode chegar em 2024
2/02/2023
Colisão entre carro e bicicleta deixou uma mulher ferida
2/02/2023
É oficial. Oliveirense apresentou Kazu Miura
1/02/2023
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023