Em
Correio de Azeméis

22 Jun 2022

Bandevelugo apresentou ‘O Tardo’

Destaques Concelho

ESPETÁCULO FOI APRESENTADO EM TRAVANCA E NOGUEIRA DO CRAVO

A inspiração nas memórias com a avó
“A minha avó falava muito sobre o ‘Tardo’ e há uma atração sobre o imaginário noturno, a escuridão e o lado místico da figura (...) A ideia surge das conversas que eu tinha ao lume com a minha avó quando era criança e em que ela me dizia para eu ter cuidado à noite quando saísse de casa”. 
João Amorim, diretor artístico

“O espetáculo é uma experiência sensorial. Queríamos provocar nas pessoas o que o ‘Tardo’ pode provocar à noite. Um dos grandes objetivos é que o processo fosse uma descoberta e não replicássemos aquilo que já sabemos fazer. Este espetáculo distancia-se dos espetáculos com uma história com princípio, meio e fim”. 
Daniela Cardoso, diretora artística

“Quem quisesse podia ver este espetáculo de olhos vendados. O dispositivo onde as pessoas foram colocadas em relação aos atores e a própria relação dos atores com o público foi diferente. Os espaços onde o espetáculo aconteceu também eram diferentes e causaram uma nova experiência”.
João Amorim, diretor artístico

“Em primeiro lugar o nosso objetivo é conseguir viver disto. Depois, do ponto de vista artístico, temos uma missão para os primeiros cinco anos que é experimentar o máximo de coisas possível, com o máximo de pessoas diferentes, de vertentes diferentes, e, depois disso, começar a definir um trajeto mais identitário”. 
João Amorim, diretor artístico

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
PETIÇÃO - LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DIRETA AO PORTO
31/01/2023
Trabalhar Para Mudar
31/01/2023
Politicamente (in)correto
31/01/2023
Pensar o Futuro
31/01/2023
Contraditório
31/01/2023
Visão de futuro
31/01/2023
Ainda os 100 anos do Correio de Azeméis
31/01/2023
As Pessoas. Certas.
31/01/2023