Acessibilidade às piscinas da La Salette é “problemática”

Destaques Reuniões de Cãmara e Assembleia Municipal

SERVIÇO ABRE AOS OLIVEIRENSES ENTRE 06 DE JUNHO E 11 DE SETEMBRO

Depois de aprovado o regulamento que disciplina o funcionamento das piscinas municipais do Parque da La Salette para a época balnear, que abrem ao público entre 06 de junho e 11 de setembro, a “inexistência” de condições de acessibilidade foi um problema levantado pelos vereadores do PSD e reconhecido pelo executivo municipal.

“As piscinas da La Salette são um equipamento social, mas não estão facilmente acessíveis a toda a gente”, referiu José Campos (PSD) alertando para o facto de que não basta ser-se “sensível” ao problema, é “preciso atuar”. “As pessoas com mobilidade reduzida continuam a não ter uma rampa de acesso, ou outro tipo de acesso facilitado às piscinas”, acrescentou o vereador social democrata. 
O presidente do executivo, Joaquim Jorge, concordou de imediato. No entanto, referiu que a solução não passa por uma “rampa”, mas sim por uma requalificação “integrada”, permitindo a acessibilidade a todas as dimensões do equipamento público, tais como balneários, piscina, zonas de laser, entre outras. “Com a rampa não resolvemos o problema da acessibilidade, resolvemos apenas o acesso à zona de restauração”, referiu o edil oliveirense, acrescentando que o equipamento da La Salette merece um olhar “mais ambicioso”. Joaquim Jorge diz que é “preciso lançar um projeto” que resolva totalmente o problema, e não só dê uma resposta “paliativa”, mas assume também que o mesmo acarretará um “investimento muito, muito substancial”. 
Este ano, as Piscinas Municipais da La Salette estarão abertas ao público sete dias por semana, entre 06 de junho e 11 de setembro, pelo que de 06 a 19 de junho funcionarão entre as 14h30 e as 19h30, e no restante período entre as 9h30 e as 19h30. Crianças e jovens entre os seis e os 17 anos pagam 1.50 euros por cada parte do dia, manhã ou tarde, ou 2.50 euros pelo dia completo; adultos pagam dois euros por cada parte do dia, manhã ou tarde, ou 3.50 euros pelo dia completo. Crianças até aos cinco anos usufruem de entrada gratuita. 

Ligação das Finanças à rotunda por trás do cemitério de Oliveira de Azeméis vai ser uma realidade
Foi aprovado o projeto de execução da ligação da Rua Dr. Ângelo Marques Pinheiro à Avenida Ernesto Pinto Basto, ou seja, a ligação entre as finanças e a rotunda por trás do cemitério de Oliveira de Azeméis. A via permitirá a construção do Mercadona, que já anunciou a sua instalação na cidade para 2023, e segundo o presidente da autarquia, Joaquim Jorge, a estimativa orçamental de cerca de um milhão e meio de euros será suportada “integralmente” pelo investidor da superfície comercial, com a exceção dos “terrenos necessários para a sua abertura”, que serão suportados pela câmara municipal. 
Os vereadores do PSD abstiveram-se da votação uma vez que “estava prevista no PDM a construção desta via, mas não estava previsto que fosse para servir uma grande superfície comercial”. “Não estamos contra a criação desta ligação, que, aliás, achamos importante. Estamos contra a forma como a ligação vai ser criada, o motivo pelo qual vai ser feita, e o que ali vai ser instalado. Isto vai até condicionar o efeito útil da ligação”, explicou Carla Rodrigues (PSD). 

Noite Branca “está a ser preparada”
Depois de questionado pelo vereador José Campos (PSD) sobre o ponto de situação dos preparativos para a Noite Branca, evento que acontece em Oliveira de Azeméis, em setembro, o edil oliveirense, Joaquim Jorge, garantiu que a mesma “está a ser preparada”. “A Noite Branca é dos maiores eventos de massas ao ar livre do concelho. Estamos a, sensivelmente, três meses e meio da data prevista”, reforçou José Campos. 
Em reposta, o presidente da autarquia referiu que “a Noite Branca, à semelhança do Mercado à Moda Antiga, é um evento que depende da vontade do movimento associativo”. “Nós estamos totalmente disponíveis para criar todas as condições para que o evento se realize”, garantiu Joaquim Jorge, referindo que vão dialogar com as associações e perceber a existência de condições para a sua realização. “Eu julgo que apesar de estarmos a entrar numa nova vaga da pandemia, existem condições para a realização da Noite Branca e que ela acontecerá em setembro, nas condições em que habitualmente se realiza”, considerou o edil oliveirense. “Estamos a trabalhar para a sua realização”, acrescentou. 

“Depósito de entulho” nas Minas do Pintor preocupa executivo e vereadores da oposição
A vereadora Carla Rodrigues (PSD) alertou, mais uma vez, para o indevido “depósito de entulho” que acontece nas Minas do Pinto, em Nogueira do Cravo. Segundo a social democrata o entulho é “fruto de intervenções nas estradas”, uma vez que é visível “alcatrão, tubos de saneamento”, entre outros. “As Minas do Pintor deveriam ser olhadas com outro olhar. Temos ali um espólio importante, onde deveria ser criado um núcleo museológico”, referiu Carla Rodrigues questionando o executivo sobre quais são as soluções adotadas pelo município para resolver o problema. 
O presidente do executivo concordou com a vereadora da oposição e explicou que, “sendo esse entulho proveniente de intervenções nas estradas”, há duas possibilidades: “ou foram autorizados pela câmara municipal”, “ou estão a fazê-lo de forma abusiva”. Assim, segundo Joaquim Jorge “é fácil identificar quem o está a fazer”, pelo que caberá aos responsáveis “fazer a remoção do entulho e o devido reencaminhamento”, tal como obriga a lei.  “Isto é algo que nos preocupa porque estamos a falar de uma das áreas residenciais mais importantes do concelho”, referiu. Para além disso, garantiu que vai pedir uma “fiscalização regular” por parte das autoridades, com o objetivo de “demover” as más práticas. 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Sub-17 da Oliveirense erguem o troféu de campeões
26/02/2024
“As sondagens têm um papel de condicionar o voto”
26/02/2024
CDU quer distribuição de riqueza
26/02/2024
Carlos Fonseca, o ‘pai’ do teatro oliveirense
26/02/2024
Biografia de Ferreira de Castro apresentada
26/02/2024
UNIR continua em falha
26/02/2024
Lulucabit, um talento oliveirense
26/02/2024
GM Macinhatense irá celebrar 89 anos
26/02/2024
PUB