Mais 440 casos nos últimos oito dias

0
17

Oliveira de Azeméis integra o grupo dos 47 concelhos de risco extremamente elevado, uma vez que regista mais de 960 casos por 100 mil habitantes. Nos últimos oito dias, registaram-se 440 casos confirmados por Covid-19, o que deixa o município oliveirense no 19.º lugar do ranking destes 47 concelhos.

Os números continuam a aumentar no concelho, mas o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis garantiu que estão a ser tomadas medidas restritivas pela evolução da situação. “Participámos nas reuniões de Proteção Civil e a própria Câmara está a funcionar com muito menos recursos disponíveis”, enumerou Joaquim Jorge, assegurando que o município continua, diariamente, a assegurar respostas à população, às famílias e aos investidores.
Com a esperança que as medidas comecem a surtir efeito, o edil deixou uma nota extra sobre esta situação. “Estamos a falar de concelhos riquíssimos e com uma grande dinâmica económica e social. Isso cria muitos contactos e temos aqui a possibilidade de termos mais casos infetados”, apontou Joaquim Jorge, voltando a lembrar que quase 70 por cento dos casos têm origem no convívio familiar. “Os nossos seniores preocupam-nos e a questão da pressão das respostas hospitalares também”, admitiu.

Oliveira de Azeméis
Casos confirmados: 2401
Há 1 semana: 1961
Vigilância Ativa OAZ, SJM e VC: em atualização até à data de fecho da edição

Concelhos com mais de 960 casos por 100 mil habitantes em 14 dias
1. Paços de Ferreira: 3698
2. Lousada: 3362
3. Vizela: 2653
4. Manteigas: 2627
5. Paredes: 2132
6. Penafiel: 2055
7. Guimarães: 1886
8. Fafe: 1787
9. Santo Tirso: 1782
10. Belmonte: 1766
11. Felgueiras: 1719
12. Freixo de Espada à Cinta: 1546
13. Marco de Canaveses: 1379
14. Famalicão: 1349
15. Cinfães: 1299
16. Sever do Vouga: 1218
17. Trancoso: 1217
18. Trofa: 1197
19. Oliveira de Azeméis: 1192
20. Murça: 1190
21. Matosinhos: 1170
22. Porto: 1149
23. Idanha-a-Nova: 1057
24. Guarda: 1055
25. Amarante: 1036
26. São João da Madeira: 1025
27. Valongo: 1019
28. Caminha: 970
Fonte: Expresso

Conheça as novas medidas em vigor a partir de hoje
A partir de hoje, dia 24 de novembro, há novas medidas que entram em vigor nos concelhos de risco extremamente elevado. O recolher obrigatório é das 23h00 às 05h00 e passa a existir fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório. O comércio fecha às 22h00 e a restauração e os equipamentos culturais encerram às 22h30. É proibida a circulação na via pública e os estabelecimentos comerciais fecham portas entre as 13h00 e as 05h00 nos fins de semana e feriados (01 e 08 de dezembro). Nos dias 30 de novembro e 07 de dezembro, os estabelecimentos comerciais fecham a partir das 15h00 e as escolas estarão encerradas. No geral, as regras aplicadas a todos os concelhos, para além do uso de máscara obrigatória no local de trabalho (salvo situações onde seja possível manter a distância), dizem respeito à circulação entre concelhos proibida entre as 23h00 de 27 de novembro e as 05h00 do dia 02 de dezembro, assim como entre as 24h00 do dia 04 de dezembro e as 05h00 do dia 09 de dezembro, salvo as exceções já aplicadas durante o fim de semana de finados.