Jovens desafiados a criar próprio negócio

receberão 250 euros por mês durante um ano

0
19

O regulamento municipal e incentivos ao empreendedorismo jovem e à criação do próprio emprego ou ideia de negócio foi aprovado por unanimidade em Assembleia Municipal, sendo que este regulamento pressupõe o apoio a iniciativas empresariais até cinco mil euros, no valor global de 250 mil euros. Joaquim Jorge descreveu que os jovens empreendedores irão receber 250 euros por mês durante 12 meses e que existem, ainda, quatro apoios de 500 euros para diferentes respostas na área de design e artes gráficas, apoio na compra de ativos fixos e apoio da pré-consultoria financeira e multidisciplinar.
Este projeto municipal permitirá que os jovens do concelho, desempregados ou empregados dos 18 aos 35 anos, assim como a pessoas desempregadas com mais de 35 anos, possam “criar o próprio negócio e o seu percurso empresarial”. A obrigatoriedade do regulamento municipal refere que a empresa deverá permanecer três anos no concelho de Oliveira de Azeméis.
“O concelho tem perdido alguma população jovem e este estímulo é bem-vindo. Ficamos sem perceber a demora de quase um ano para a sua aprovação”, apontou o deputado do PSD Bruno Rodrigues. “No entanto, a bancada do PSD vê com bons olhos este apoio e votamos favoravelmente”, declarou.
O edil oliveirense concordou com o deputado social-democrata em relação à demora da aprovação do regulamento. “Teríamos condições para, na última Assembleia do ano [2020], termos apresentado este regulamento. Por lapso dos serviços, isso não aconteceu; aceito também que as pessoas errem e houve uma falha, que está a ser corrigida”, contextualizou Joaquim Jorge.
Marta Cabral