‘Há Festa na Aldeia’ pontuada por momentos simbólicos

“Estamos num tempo de viragem”

0
27

‘Há Festa na Aldeia’ está de regresso à freguesia de Ul com pequenos apontamentos que marcam este evento âncora, que acontece desde 2013. Desde agosto até setembro, o Parque Temático Molinológico recebe bancas de vendas de artesãos e, a 18 de setembro, decorrem também as Oficinas de Pão de Ul, assim como a inauguração da exposição ‘Memória da Aldeia de Ul’.

Marta Cabral

O projeto, promovido pela ADRITEM — Associação de Desenvolvimento Regional Integrado das Terras de Santa Maria — em parceria com outras entidades, não regressou em pleno devido às circunstâncias provocadas pela Covid-19 mas, no entanto, esta romaria não poderia passar em branco. “Este ano, de alguma forma, queríamos regressar ao contacto presencial. Procurámos iniciativas que recordassem o ‘Há Festa na Aldeia’ e que assinalassem este momento”, explicou a diretora executiva da ADRITEM, Teresa Pouzada, em declarações à Azeméis TV/FM.
A adesão às Oficinas de Pão de Ul foi muita e, por isso, decidiram abrir um segundo workshop marcado para dia 02 de outubro, que também acabou por esgotar rapidamente. Para além desta oficina, haverá outra iniciativa denominada ‘Arroz Colaborativo’. “Dedicada aos parceiros, sendo uma atividade mais exclusiva, o objetivo é que cada um traga uma reflexão de futuro para fazermos, cada vez melhor, o ‘Há Festa na Aldeia’. Estamos num tempo de viragem e inovação”, descreveu Teresa Pouzada.
No dia 18 de setembro é inaugurada a exposição ‘Memória da Aldeia de Ul’, uma mostra que conta com o testemunho de cerca de 20 pessoas, oriundas do concelho oliveirense.