Gastos fora do concelho acentuam-se

0
41

Após uma análise às contas da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis relativas ao passado mês de junho é possível concluir que as despesas foram significativamente maiores em empresas fora do concelho, tendo o município gastado um total de 379,417.30 euros, comparativamente às aquisições feitas a empresas com atividade no concelho (20,279.48 euros).

Observando-se as contas municipais, percebe-se que acima dos 5.000 euros só foram feitas aquisições em entidades exteriores. Sobressalta a obtenção de serviços para a elaboração dos projetos para a requalificação do Mercado Municipal e a instalação da Estação Multimodal de Transportes, de 190 mil euros, numa empresa de Vila Nova de Gaia. Foram adquiridos, em Aveiro, serviços para a elaboração do projeto de execução para a reabilitação do edifício da antiga Garagem Justino, num total de 44.750 euros. A compra de máscaras reutilizáveis para oferta aos munícipes foi feita em Vizela por 25.500 euros. Houve também várias aquisições de artefactos de cimento, em Leiria, que resultam num total de 25.020 euros.
Ainda no que diz respeito a empresas fora do concelho, abaixo de 5.000 euros, o município solicitou serviços de recolha, transporte e tratamento de resíduos hospitalares, na ordem dos 4.717 euros. E ainda a prestação de funções bancárias relativas ao sistema de débitos diretos e via SIBS – Sociedade Interbancária de Serviços, num valor de 3.780 euros, e a obtenção de serviços para o espetáculo de dança ‘Sublime Dance Company’, a realizar-se dia 24 de outubro, no espaço ‘O Cinema’, por 2.500 euros. Todos estes serviços prestados por empresas de Lisboa.
Sendo que os valores gastos em empresas com atividade concelhia são abaixo dos 5.000 euros, ressaltam um aluguer de porta-máquinas e camião com motorista que custou 4.450 euros, o pagamento de 3.479 euros em artigos de economato, nomeadamente papel SRA3, para o gabinete de comunicação, em regime de fornecimento contínuo. E a compra de material elétrico para as linhas da Fonte dos Namorados, para estacionamento, para as piscinas, para a zona do ‘stick’, para a rotunda Ferreira de Castro, uma extensão para os serviços urbanos e para a Praça José da Costa, num total de 2.278 euros. E a fatura de 1.412 euros para espreguiçadeiras e colchões para a Piscina de La Salette.

Informações úteis

Para constar na base de dados municipais para futuras consultas como fornecedor ou prestador de serviços, pode enviar a apresentação da sua empresa ou serviço para o email: contratacao@cm-oaz.pt. Recorde-se que o ‘Ajuste Direto’ é um procedimento em que a entidade adjudicante, ou seja, a Câmara Municipal, convida entidades à sua escolha para a apresentação de propostas em relação a um produto ou serviços.

Contas Junho 2020