Ferreira de Castro distingue 29 alunos com bom desempenho

0
29

Dadas as circunstâncias pandémicas, a Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro fez uma cerimónia simbólica de entrega de Prémios de Mérito, na passada quarta-feira, relativos ao desempenho dos alunos no ano letivo 2019/2020. Foram distinguidos 29 alunos pela sua conduta exemplar.

Estes estudantes premiados foram propostos pelo conselho de turma, tendo por base critérios que vão para além dos resultados académicos, incentivando-os a assumir uma atitude proativa e interventiva na comunidade escolar.
No seu discurso, a diretora do Agrupamento de Escolas Ferreira de Castro, Ilda Ferreira, salientou o simbolismo da cerimónia. “O mérito implica dedicação, empenho, inquietação e muito trabalho, implicando abdicar de momentos de diversão e fruição”, declarou a professora, afirmando ser este diploma “a recompensa das horas dedicadas ao estudo”. Agradeceu, ainda, aos professores, aos assistentes operacionais e às famílias, que “são um elemento decisivo e imprescindível” para o “sucesso e felicidade” dos alunos e da escola.
O presidente do Conselho Geral do Agrupamento, António Santos, e a presidente da Associação de Pais, Sandra Costa, felicitaram igualmente estes 29 alunos e os cerca de 350 estudantes de mérito académico e desportivo, cujos diplomas foram entregues ao longo da semana pelos diretores de turma.
Com a colaboração da Associação de Pais, como tem sido hábito, foi possível premiar os melhores alunos de cada ano de escolaridade com um cheque FNAC.
A escola de ensino artístico de dança Fábrica das Artes deu início à cerimónia com uma “belíssima” atuação, que apresentou o repertório e adaptação da peça ‘Rosas’ de Anne Teresa De Keersmaeker.
O cenário do evento foi especialmente criado pelos alunos do 2.º ano do Curso Técnico de Design, sob coordenação da diretora de curso, a professora Alice Cardoso.
O agrupamento prevê, ainda, a realização da sessão de entrega dos diplomas de conclusão do ensino secundário aos alunos que, embora já não estejam na escola, fazem parte da história da Ferreira de Castro. Em nota enviada ao Correio de Azeméis, a direção afirmou: “Um agrupamento a criar futuros que, no próximo ano letivo, celebra o seu cinquentenário”.