Ex-oliveirenses decidiram

0
5

A Oliveirense não conseguiu pontuar na deslocação a Coimbra. Os dois golos da Académica, que praticamente sentenciaram a partida, foram apontados por dois jogadores que deixaram o emblema de Oliveira de Azeméis no final da época passada: Bouldini abriu o marcador aos 17’ e já em cima do intervalo Fabinho ampliou a vantagem de grande penalidade. Mas, pelo meio, a Oliveirense esteve perto do empate naquele que foi o lance de maior perigo criado pelos homens de Pedro Miguel, mas o remate de Leo Bahia foi devolvido pelo poste.
E, no espaço de quatro minutos, a Oliveirense viu a sua tarefa ainda mais complicada: ao minuto 39, Thalis Henrique foi expulso por acumulação de cartões amarelos e pouco depois a Académica beneficiou de uma grande penalidade, a castigar uma eventual falta de Coelho sobre Bouldini, que Fabinho se encarregou de converter.
Apesar de jogar com menos um elemento, a Oliveirense procurou assumir as rédeas do jogo na segunda parte, embora sem ocasiões de golo, perante uma ‘briosa’ a gerir o resultado.
A Académica fixou o resultado já perto do final do jogo, aos 88 minutos, num remate cruzado de Fabiano.