“Estamos felizes, mas não satisfeitos”

0
11

Na sequência das eleições autárquicas que irão acontecer no dia 26 de setembro de 2021, Florbela Silva recandidata-se à freguesia de Macieira de Sarnes pela coligação PSD/CDS-PP.
Florbela Silva soma já 16 anos de experiência enquanto autarca, começando em 2005 na Assembleia de Freguesia, passando em 2008 para o executivo. Para a candidata, os últimos quatro anos ao serviço da freguesia como presidente da junta de Macieira de Sarnes “foram muito difíceis”. “Os dois primeiros anos foram de poucas respostas, de pouca concretização e ajuda. No terceiro ano começou a pandemia e em 2021 começou a haver uma maior abertura por parte do edil camarário”, afirmou Florbela Silva em entrevista à Azeméis TV/FM.
A presidente de junta confessa que “os macieirenses se sentem desprezados por Oliveira de Azeméis e deixados de parte pela câmara municipal”, dado o facto de não terem sido “contemplados pela via do Nordeste, nem por um acesso único”.
Os motivos que levam Florbela Silva a recandidatar-se prendem-se pelo facto de “ainda haver muito trabalho a fazer e muito caminho a percorrer”. “Encaro esta nova etapa como um grande desafio que estou disposta a lutar, vencer e concretizar”, admitiu a candidata, que acrescenta sentir-se “muito preparada para continuar. Tenho os problemas da freguesia diagnosticados, sei o nome das pessoas, onde vivem e as preocupações de cada uma.”
A autarca explica, ainda, que em termos financeiros a situação encontra-se regularizada: “O nosso lema foi não hipotecar o futuro da freguesia.”
“Cumpri tudo a que me comprometi com os macieirenses. Estamos felizes pelo que fizemos, mas não satisfeitos”, refletiu a candidata Florbela Silva.