Em 2021 a vida voltará a sorrir

0
14

Chegamos ao início do novo ano com justificada esperança. Está aí a vacina que a ciência acredita que nos vai livrar do maldito vírus. Durante o próximo ano a vida vai caminhar para a normalidade. No próximo Natal poderemos voltar ao convívio familiar. A próxima passagem de ano poderá ser festejada com foguetes e muita animação. A vida voltará a sorrir.
O ano que agora termina pôs à prova a nossa capacidade de adaptação e resistência. Estamos fragilizados. Desde as dificuldades financeiras com que tantos se debatem, às saudades do convívio familiar, das reuniões de amigos, dos momentos de festa. Saudades de uma vida sem o receio de uma infeção, que pode ser mortal.
Nunca mais vamos esquecer. A normalidade da vida é ansiada. Esta dura pandemia fez-nos perceber o valor de pequenas coisas, de hábitos que agora perdemos e tínhamos como garantidos. Sofremos várias crises, mas nenhuma como a atual. Por isso, vamos passar a dar um diferente valor a coisas que tínhamos como certas.
Não posso deixar de pensar nas crianças. De me lembrar dos nossos ‘natais’ de criança. A azáfama da preparação dos comes e bebes, da doçaria. E as prendas! Os embrulhos que o ‘Pai Natal’ nos deixava. Quantas vezes acertando no que desejávamos receber. Este ano as crianças não vão ter o ‘seu’ Natal, nos moldes a que se habituaram.
Haja o espírito de Natal e de Ano Novo. Talvez nunca um novo ano foi tão desejado. Haja fé que o novo ano vai trazer-nos a normalidade. Haja muita saúde em 2021!
Eduardo Costa, jornalista, presidente
da Associação Nacional da Imprensa regional