Coração da cidade vestiu-se de branco

0
16

A chuva ameaçou ao início da noite, mas não estragou a festa. Vestir o branco foi o único requisito dos milhares de visitantes que não quiseram perder a oitava edição da Noite Branca. O coração da cidade pulsou de vida com o empenho do movimento associativo
e do comércio local, mas também com vários atrativos como dança, música, teatro,
artesanato, estátuas vivas, artes populares e até uma silent party.

Leia mais na edição desta semana, já nas bancas.