Conduziu alcoolizado após cortar a pulseira

Suspeito não tinha carta de condução

0
13

Militares do Posto Territorial de Oliveira de Azeméis detiveram, na passada terça-feira, um homem, de 23 anos, em flagrante, por quebra de pulseira eletrónica, no concelho oliveirense.

Na sequência de um alerta emitido pelos serviços de vigilância eletrónica da Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais sobre a ausência da residência de um indivíduo que se encontrava em prisão domiciliária com pulseira eletrónica, os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local tendo em vista a localização do suspeito.
No decorrer das diligências policiais, foi possível apurar que o suspeito “se encontrava a circular numa viatura”, a qual “não tinha inspeção periódica obrigatória”, sendo que o homem, para além de “não possuir habilitação legal para conduzir”, apresentava uma taxa de alcoolemia “superior a 1,20 g/l”, tendo ainda na sua posse uma arma proibida (soqueira), informou o Comando Territorial de Aveiro em comunicado.
O detido foi constituído arguido e foi presente ao primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Oliveira de Azeméis, para aplicação de medidas de coação, na passada terça-feira.