Centro de Vacinação criado “num tempo recorde”

Estrutura tem capacidade para vacinar 400 pessoas por dia

0
46

https://youtu.be/vePI1R2b-pk

O Centro de Vacinação Covid-19 já abriu em Oliveira de Azeméis e está instalado no pavilhão da Escola Secundária Soares Basto. Havendo possibilidades de vacinas, esta estrutura tem capacidade para vacinar entre 200 a 400 pessoas diariamente. Se existir marcações de vacinação, o Centro de Vacinação funciona de segunda-feira a domingo entre as 09h00 e as 19h00, caso contrário, abre de segunda e sexta-feira.

Marta Cabral

O processo de vacinação é assegurado por profissionais do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) de Entre Douro e Vouga II – Aveiro Norte com o apoio logístico da Câmara Municipal, sendo que as equipas de profissionais são oriundas de Vale de Cambra, Oliveira de Azeméis e São João da Madeira. “Só desta forma, trabalhando em equipa, é que conseguimos garantir que existe uma boa organização do processo de vacinação nestes centros”, afirmou o diretor do ACES Aveiro Norte, Miguel Portela, em declarações à Azeméis TV. “Em articulação com a Administração Regional de Saúde [ARS] do Norte, recebemos no fim de semana o número de vacinas que vamos ter disponíveis. Mediante isso, distribuímos as vacinas pelos centros de vacinação e convocamos os utentes para serem vacinados, já com marcação de dia e hora exatos”, especificou.
No entanto, os utentes de Oliveira de Azeméis que tomaram a primeira dose da vacina na Oliva, em São João da Madeira, terão que tomar a segunda dose no concelho sanjoanense. “Assim, não mexemos nos circuitos e torna-se mais fácil para os utentes. Agora, quem já fez a primeira dose no Centro de Vacinação de Oliveira de Azeméis fará a segunda nesse mesmo espaço”, adiantou Miguel Portela.
Para o presidente da Câmara Municipal, a criação desta resposta para o concelho fez-se “num tempo recorde”. “Esta estrutura é fundamental para servir melhor a população, evitando que os oliveirenses se desloquem a outros locais para serem vacinados”, afirmou Joaquim Jorge em declarações à Azeméis TV, acrescentando: “O que esperamos é que cheguem vacinas em número suficiente, porque isso significaria que mais cedo teríamos as pessoas inoculadas e assim podemos atingir as metas do plano nacional de vacinação que apontam para a vacinação de 70 por cento da população até ao verão”.

 

> Miguel Portela:
“Os oliveirenses têm a garantia de que serão vacinados neste Centro”
A dificuldade em contactar pessoas com mais de 80 anos em Oliveira de Azeméis, segundo contou o diretor do ACES Aveiro Norte, Miguel Portela, “não tem sido muito grande”. “Naqueles casos em que o utente precisa de transporte, não atende o telefone ou que o contacto com a pessoa não foi o suficiente para agendar a vacinação, falamos com a Câmara Municipal que, rapidamente, nos contacta para fazermos a marcação”, explicou o responsável. “Os oliveirenses têm a garantia de que serão vacinados neste Centro”, assegurou. O presidente do município oliveirense, Joaquim Jorge, informou que esta estrutura também está disponível para vacinar utentes de outros concelhos.

429 idosos com mais de 80 anos vacinados numa semana
Entre os dias 01 e 05 de março, foram vacinados no Centro de Vacinação Covid-19 em Oliveira de Azeméis 429 utentes com mais de 80 anos e 568 pessoas com idade superior a 50 e menos de 65 anos. “A escolha do local [pavilhão da Escola Secundária Soares Basto] foi feita em articulação da Unidade de Saúde Pública e a autarquia por forma a escolher o local que reunisse melhores condições para criar o Centro de vacinação”, relembrou o diretor executivo do ACES Aveiro Norte, Miguel Portela. O responsável adiantou que, nas Estruturas Residenciais Para idosos (ERPI), até ao sábado passado, 52 utentes tomaram a primeira dose e a segunda dose foi administrada a 311 pessoas. 59 funcionários dessas estruturas já têm a primeira dose e 274 colaboradores já tomaram a segunda dose. A vacinação aos militares da GNR dos postos de Oliveira de Azeméis, Cucujães e Cesar também já arrancou na sexta-feira passada.