Capacidade reforçada na Unidade de Hospitalização de S. Sebastião

Com um segundo veículo de hospitalização domiciliária

0
6

A Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD) do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV) conta, agora, com um segundo veículo de hospitalização domiciliária, para que seja possível tratar mais doentes no conforto dos seus lares.
Dois anos e meio e mais de 400 doentes tratados por esta unidade e respetivos domicílios, em vez do tradicional internamento hospitalar, a capacidade instalada foi reforçada. O presidente do Conselho de Administração do CHEDV, Miguel Paiva, agradeceu aos coordenadores médicos, Joana Malheiro, e de enfermagem, João Duarte, todo o empenho que tem sido demonstrado pela equipa afeta a este serviço, manifestando a confiança de que este aumento de capacidade irá contribuir, “de forma muito significativa”, para a satisfação dos utentes e das suas famílias, garantindo um tratamento dos doentes “num ambiente muito mais humanizado”.
O CHEDV iniciou em novembro de 2018 a atividade da sua Unidade de Hospitalização Domiciliária, tendo sindo uma das primeiras instituições do Serviço Nacional de Saúde a fazê-lo. Na altura, ficou definida uma capacidade de internamento simultânea até cinco doentes.

Áreas para doentes respiratórios com menor atividade

Num comunicado enviado à redação do Correio de Azeméis, o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Entre Douro e Vouga II – Aveiro Norte informou que o horário das Áreas Dedicadas a Doentes Respiratórios (ADR) no ACES Aveiro Norte em funcionamento foi reduzido. “Felizmente, a atividade das ADR mantém um decréscimo constante e consolidado no número de utentes que procuram esta área Covid”, afirmou o diretor executivo, Miguel Portela. “Reforçamos que, caso a evolução da pandemia assim o exija, voltaremos a ampliar a atividade das ADR”, garantiu. A ADR de Oliveira de Azeméis funciona de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 14h00, e a ADR de Vale de Cambra aos fins de semana, feriados e tolerâncias das 08h00 às 14h00.