AECOA lança projeto para jovens empreendedores

INTRODUZIR TECNOLOGIA EM INDÚSTRIAS TRADICIONAIS É outro OBJETIVO da Associação empresarial

0
31

https://youtu.be/kbJ9tk9sJ6M

 

‘Wake-Up 4.0’ é o novo projeto desenvolvido pela Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis (AECOA) em parceria com o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores Inovação (INOV) apresentado na passada terça-feira, dia 27 de abril, online. No âmbito da quarta revolução industrial, este projeto destina-se a jovens com ideias empreendedoras de base tecnológica que pretendam criar a sua empresa.

Ana Soares

O projeto teve início em janeiro deste ano e prologar-se-á até junho de 2023. “É financiado pelo programa operacional de competitividade e internacionalização e terá um investimento total elegível de aproximadamente 450 mil euros”, informou o membro da equipa Wake-Up, Rui Sousa. “A sua atuação centra-se num sistema de apoio a ações coletivas e na promoção de espírito empresarial”, explicou.
O objetivo passa por criar 12 empresas de base tecnológica alinhadas com a Indústria 4.0, onde serão selecionadas 12 ideias que serão apoiadas financeiramente com uma bolsa de investimento de um valor de 250 euros, durante seis meses. “As 12 bolsas ficam ainda também candidatas a um prémio final que pode ir até cinco mil euros”, esclareceu o porta-voz.
O administrador executivo da parceira INOV INESC, António Gomes Leal, afirmou ainda ser “aqui onde surgem oportunidades e se criam soluções inovadoras”, acrescentando que espera que o projeto “contribua, não só para a criação de empresas de sucesso, mas também para a formação de novos empreendedores”.
As empresas criadas terão, ainda, um acompanhamento de seis meses após a data final do projeto, de forma a garantir condições para que as mesmas prosperem no mercado.
Os interessados poderão visitar a página online do projeto ou enviar e-mail para info@wake-up.tech.

 

“A AECOA é uma Associação Empresarial já com 20 anos de experiência associativa, em que nasceu aqui um grupo de empresários sob o lema do espírito empreendedor, que continua bem presente. Oliveira de Azeméis tem uma posição central na sua região entre o Douro e Vouga com setores industriais maduros de média e alta intensidade tecnológica. Somos um concelho que investe, inova e exporta para os quatro cantos do mundo. Estamos interessados numa nova geração empresarial que, como nós o fizemos há décadas atrás, seja também capaz de prever o futuro”
Comendador António da Silva Rodrigues, presidente da direção da AECOA e fundador do grupo empresarial Simoldes