‘A Vila perdeu um homem bondoso”

António Gonçalves faleceu aos 73 anos

0
1

O presidente da Assembleia de Freguesia da Vila de Cucujães, António Gonçalves Gomes, faleceu, aos 73 anos, no passado dia 11 de janeiro, no IPO no Porto.
“A Vila de Cucujães perdeu a sua entidade máxima, perdeu um homem grande, íntegro e bondoso, alegre e generoso e, principalmente, sempre disponível para todos”, começou por escrever o presidente da Junta da Vila de Cucujães, Simão Godinho, na página de Facebook da freguesia. “Senhor Gonçalves”, como era carinhosamente chamado e conhecido, fica na memória dos cucujanenses pela sua “dedicação aos outros” e porque “sempre demonstrou o maior empenho na resolução dos problemas da sua Freguesia”, segundo se lê.
Enquanto autarca e presidente da Assembleia de Freguesia da Vila de Cucujães, um cargo que ocupou entre os anos de 1989 e 1997, e que vinha a desempenhar desde 2013, “sempre manifestou uma sensibilidade e uma atenção especiais aos problemas dos seus concidadãos”, afirmou na publicação, Simão Godinho. O autarca ainda referiu que o seu exemplo na causa pública se caracteriza “pela sua invulgar cultura democrática e elevação pública”, disse.
António Gomes Gonçalves foi também columbófilo e um benfeitor da Sociedade Columbófila Cucujanense. “Foi um elemento que trabalhou muito para a Direção da columbofilia de Cucujães, fez também parte da Assembleia”, adiantou o presidente da sociedade, José Resende ao confessar que o Sr. Gonçalves conseguia “sempre prémios e trabalhava em prol da coletividade”.