Nas eleições de 2017, o PS elegeu cinco candidatos e nestas elegeu seis. O PSD tinha quatro vereadores e agora fica com três (coligação ‘Pelas Pessoas’ PSD/CDS-PP).
Em 2017, a eleição para a câmara municipal, o PS recolheu 18.094 votos (50,42 por cento) e o PSD/CDS-PP alcançou os 14.096 (39,28 por cento).
Nesta eleição de 2021, votaram PS 17.887 eleitores (54,72 por cento) e na coligação ‘Pelas Pessoas’ PSD/CDS-PP votaram 10.805 eleitores (33,05 por cento).
A abstenção em 2017 foi de 40,8 por cento e, neste ato eleitoral, foi de 46,72 por cento.
No país, a abstenção foi de 45,71 por cento e em 2017 tinha sido de 47,4 por cento. Comparativamente, o nosso concelho em 2017 teve uma abstenção inferior ao país em 4,91 por cento e, nestas eleições, a abstenção em Oliveira de Azeméis foi superior ao país em 0,68 por cento.

> BRUNO ARAGÃO AGRADECE PELA RENOVAÇÃO DA CONFIANÇA

“Estamos muito reconhecidos por esta enorme vitória”
“Quero endereçar um agradecimento profundo e sincero aos oliveirenses porque mostraram que não só é possível fazer uma política diferente, como também reconhecê-la. Este é o grande significado desta noite: reconhecer que é possível exercer uma política honesta, totalmente transparente, criando esperança, mas nunca vendendo ilusões. Estamos muito reconhecidos por esta enorme vitória, mas estamos ainda mais sentidos pela responsabilidade que ela nos traz. Não esquecemos os compromissos que assumimos e temos quatro anos para continuar no caminho certo”
Bruno aragão, presidente da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista de Oliveira de Azeméis

Óscar Oliveira garante que CDU vai “intensificar” a sua presença nas assembleias
“Fizemos uma excelente campanha, ouvimos as pessoas e elaboramos um programa municipal tendo sempre isso em conta. Quero agradecer a todos os candidatos da CDU pelo papel importante que tiveram nesta caminhada, independentemente dos resultados que valem o que valem. Vamos manter a nossa intervenção e intensificar a presença nas assembleias de freguesia e assembleias municipais. Foi importante reelegermos a nossa eleita em Cesar e eleger um membro para a Assembleia de Freguesia de Fajões. Vamos continuar a trabalhar; não podemos esmorecer”
Óscar Oliveira, líder partidário da CDU em Oliveira de Azeméis

Manuel Almeida reconhece resultado “agridoce”
“Venho, publicamente, enaltecer todos os nossos candidatos pela coragem e determinação que demonstraram ao longo da caminhada eleitoral para os órgãos autárquicos. Foram incansáveis! Somos um partido implantado no concelho desde finais de fevereiro deste ano e que ontem [domingo] nos tornamos na terceira força política em Oliveira de Azeméis, à frente de partidos com dezenas na de anos de implantação, elegendo um deputado municipal e uma deputada para a Assembleia de Freguesia da União de Freguesias do Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz. Esperávamos um resultado mais compatível com o esforço que todos nós desenvolvemos, mas respeitamos e aceitamos as escolhas dos eleitores oliveirenses. Aos eleitores que confiaram em nós, garantimos que não os iremos defraudar. Vamos continuar o nosso trabalho de forma assertiva e acutilante, como sempre o fizemos, e atentos à governação local nos próximos quatro anos. Democraticamente, reconhecemos e parabenizamos o Partido Socialista e todos os eleitos dos demais partidos e coligações para todos os órgãos autárquicos”
Manuel Almeida, presidente da Comissão Política Concelhia do CHEGA de Oliveira de Azeméis