176 casos positivos em oito dias

0
2

De um total de 82 pessoas internadas no Hospital S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, 19 delas são do concelho de Oliveira de Azeméis, três das quais encontram-se nos cuidados intensivos. Foram os dados revelados pelo presidente da Câmara Municipal, Joaquim Jorge, na última reunião de Câmara pública. O edil garantiu que continuam a acompanhar a situação nas escolas e nos lares.

“Há dois lares que nos inspiram cuidados por termos vários infetados, entre utentes e colaboradores. Os utentes estão bem e os colaboradores trazem consigo a necessidade de isolamento profilático, o que acarreta dificuldades para as instituições”, informou Joaquim Jorge. “A situação está controlada mas, de um momento para o outro, pode confrontar-se com um novo foco”, considerou. Em relação às escolas do concelho, o autarca anunciou que o registo é semelhante ao do início do ano letivo e que se assiste a uma normalização da atividade letiva. O vereador Rui Cabral descreveu que, todas as semanas, ligam para as escolas e Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho para registar os casos. “Neste momento [quinta-feira], temos uma turma em confinamento em Pindelo e em Cesar”, exemplificou. “Sentimos um ligeiro abrandamento nas IPSS e nas escolas, embora nas IPSS hajam picos de um dia para o outro”, admitiu. Até à data de fecho do jornal, contabilizavam-se 3584 casos confirmados por Covid-19 desde o início da pandemia.

Azeméis voltou à categoria de risco extremamente elevado
Na última avaliação feita pelo Governo, Oliveira de Azeméis regressou à categoria de concelho de risco extremamente elevado, devido à incidência de mais de 960 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Da reunião de Conselho de Ministros, também saíram as novas medidas para o Natal e para a Passagem de Ano a nível nacional.
As medidas para o Natal, anunciadas na última edição do jornal e que pode consultar em https://covid19estamoson.gov.pt, mantêm-se, mas as do Ano Novo mudaram radicalmente. Neste período, a circulação entre concelhos é proibida entre as 00h00 do dia 31 de dezembro e as 05h00 de 04 de janeiro, enquanto a circulação na via pública é proibida a partir das 23h00 do dia 31 e, nos dias 01, 02 e 03 de janeiro, é proibida a partir das 13h00. Em relação ao horário de funcionamento dos restaurantes em todo o território nacional, no dia 31 é permitido até às 22h30 e nos dias 01, 02 e 03 de janeiro o funcionamento dos restaurantes é permitido até às 13h00, exceto para entregas ao domicílio.