12 infeções em Azeméis numa semana

0
22

Entre os dias 22 e 29 de março, surgiram 12 novos casos de infeção em Oliveira de Azeméis, que continua classificado como concelho de risco moderado. O presidente da Câmara Municipal, Joaquim Jorge, continua a apelar à população para que tenham consciência individual e coletiva, ainda para mais com a altura da Páscoa a aproximar-se.
Na semana passada, mais 2002 pessoas do concelho de Oliveira de Azeméis foram vacinadas com a primeira dose no Centro de Vacinação Covid-19. “Como o leque de população a abranger pela vacinação começa a ser mais extenso, apenas enviamos o número total de vacinados”, explicou o diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde de Entre o Douro e Vouga II – Aveiro Norte, Miguel Portela, ao Correio de Azeméis.

 

 

Circulação entre concelhos proibida durante Semana Santa
Até à próxima segunda-feira, dia 05 de abril, é proibida a circulação entre concelhos e os horários de encerramento dos estabelecimentos continuam a ser às 21h00 durante a semana, às 13h00 ao fim de semana e feriados e às 19h00 para o retalho alimentar. Se o plano de desconfinamento a “conta gotas” do governo avançar como previsto, é também a partir da próxima segunda-feira que o 2.º e o 3.º ciclos abrem portas, assim como os equipamentos sociais na área da deficiência, museus, monumentos, palácios, galerias de arte, lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua, feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal), esplanadas (com o máximo de quatro pessoas), modalidades desportivas de baixo risco e atividade física ao ar livre até quatro pessoas, assim como abertura de ginásios sem aulas de grupo.
Já no dia 19 de abril, prevê-se a abertura do ensino secundário e superior, cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos, lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação, atividade física ao ar livre até seis pessoas, eventos exteriores com diminuição de lotação e casamentos e batizados com 25 por cento de lotação. Depois do dia 03 de maio, é a vez dos cafés, pastelarias e restaurantes sem limite de horário (com o máximo de seis pessoas ou dez em esplanadas), arrancam todas as modalidades desportivas, é permitida atividade física ao ar livre e nos ginásios, os grandes eventos exteriores e interiores são autorizados (apesar de a lotação continuar reduzida) e os casamentos e batizados passam a contar com 50 por cento de lotação.