FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETR
EDUARDO COSTA


17-7-2017,
Futebol> Guarda-redes do Macieirense foi eleito o melhor do torneio
MACIEIRENSE NO PÓDIO DO CAMACHA 2017

O Futebol Clube Macieirense representou o distrito de Aveiro no torneio Camacha CUP 2017, que se realizou na ilha da Madeira, entre os dias 28 de junho e 02 de julho, e onde estiveram presentes equipas não só da ilha anfitriã, mas também dos Açores, Lisboa, Braga, Viseu e Algarve.


Esta foi uma proposta que muita gente não acreditou ser possível de concretizar, devido aos elevados custos que a mesma acarretava e à complexa logística que os cinco dias do evento implicava. No entanto, a coordenação da formação do FC Macieirense abraçou, sem hesitar, este desafio. Neste sentido, desde novembro do ano passado, o clube começou a organizar as deslocações e a estadia dos atletas e do staff, de modo a tornar viável um evento que se revelaria único para todos os que nele participaram.

Conscientes de que seria, efetivamente, uma experiência singular na vida dos atletas, foi objetivo do clube permitir que todos pudessem estar presentes, pelo que foram realizadas diversas iniciativas para angariar a verba necessária para reduzir os encargos inerentes a uma atividade desta dimensão. Na prossecução deste objetivo foi imprescindível a colaboração de diversas entidades que, sensíveis à causa, patrocinaram este evento, facto que contribui para que todos os jogadores da equipa pudessem estar presentes neste torneio.

No dia 28 de junho, pelas 05h00, em Macieira de Sarnes, teve início aquela que seria uma das maiores aventuras destes jovens, alguns dos seus familiares, diretores e presidente do FC Macieirense, num total de 55 pessoas. A primeira paragem na ilha foi efetuada no museu do melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo.


Pedro Martins apadrinhou o torneio

No dia seguinte realizou-se o primeiro jogo do Macieirense frente à equipa da casa, AD Camacha, que demonstrou ser uma equipa que pratica bom futebol, com jogadores que já estavam de saída para equipas do continente e para Inglaterra. Foi um jogo bastante aguerrido, com a vitória a sorrir à equipa oliveirense (2-1) com golos de Miguel e Tiago Gomes. Após o almoço,  a equipa preparou-se para novo jogo, desta vez com o União da Madeira B, no qual se registou um empate a zero, facilitando o primeiro lugar do grupo.

Ao final da tarde chegou o padrinho do evento, o técnico Pedro Martins, do Vitória de Guimarães, que foi diretamente falar com a formação macieirense, devido à proximidade geográfica entre este clube e a sua residência (Santa Maria da Feira). Extremamente afável, demonstrou muito interesse pelo trabalho desenvolvido pela formação de Macieira de Sarnes, manifestando várias vezes vontade em visitar o clube para partilha de experiências. Uma vez que muitas equipas chegaram só no próprio dia de início do torneio, a sua abertura oficial teve lugar à noite, com intervenções do técnico Pedro Martins e dos representantes da Câmara Municipal da Camacha e da AD Camacha, às quais se seguiu o hastear das bandeiras dos clubes participantes e o fogo de artificio.

O dia 30 de junho começou com a vitória por 4-0 sobre a Juventude AC, colocando o FC Macieirense no primeiro lugar do grupo ao fazer uma exibição brilhante e com a organização a colocar várias questões sobre jogadores da equipa oliveirense. Da parte da tarde surgiram as meias-finais contra o União da Madeira A, equipa dos nacionais, com a qual o Macieirense disputou uma primeira parte muito equilibrada, num campo muito difícil (sintético com areia). Na segunda metade do desafio, com ordens para atacar, o FC Macieirense carregou, contudo, o resultado não se alterou e o 0-0 final tornou-se inglório para a equipa de Macieira de Sarnes. Nos penalties, o Macieirense acabou eliminado, o que despertou na equipa um sentimento de injustiça e desilusão, pois tinha a sensação de que a final era honrosamente merecida.


Melhor guarda-redes do torneio é do Macieirense

No dia 01 de julho, a equipa passeou de teleférico e visitou ao estádio do CS Marítimo, um estádio construído ao estilo inglês, que deixou o presidente Filipe Marques com ‘água na boca’.

Ao final da tarde teve lugar o jogo para a disputa dos 3.º e 4.º lugares, cujo resultado levou o FC Macieirense ao pódio, facto que gerou uma grande alegria a todos os atletas. À noite, para celebrar a vitória, no restaurante do Nacional da Madeira, a equipa foi surpreendida pelo treinador Costinha e pelo presidente do Nacional da Madeira, Rui Alves, que convidaram  a voltar à Madeira, caso consigam subir de divisão (nunca se sabe…).

A sensação de que tudo se passou rápido demais deu-se no dia 02 de julho, no momento de receber os prémios. Além do terceiro lugar conquistado, o clube teve a surpresa de ver ser considerado o melhor guarda-redes do torneio, o seu atleta, João Rebelo. Após a entrega dos troféus, o clube foi informado de que na lista para a categoria de melhor jogador do torneio estavam indicados seis  jogadores do FC Macieirense, o que motivou um grande orgulho aos técnicos Pedro Ramos, Sérgio Gomes e Daniel Oliveira.

O convite para participar no torneio do próximo ano foi lançado pela organização, que elogiou o fair-play da equipa oliveirense, dentro e fora do campo, fazendo jus ao prémio que recebeu no campeonato deste ano - cartão branco implementado pela AF Aveiro.

A hora do regresso a casa chegou e a sensação de conforto e de enorme alegria decorrente do apoio que a Direção recebeu para tornar possível esta fabulosa experiência foi reforçada, logo à saída do aeroporto Francisco Sá Carneiro, pois à sua espera estava o autocarro da Câmara de Oliveira de Azeméis que nos conduziu até à sede do FC Macieirense.

O FC Macieirense expressa o seu profundo agradecimento a todas as entidades que contribuíram para que este clube pudesse participar nesta experiência: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Junta de Freguesia de Macieira de Sarnes, Specialsport, Codeplas, Casarão, HPS, Flama, Colorstar, Talhos Valente, Tono Bombeiro, Petibol, MCoutinho, Palpitão, Confeitaria Laranjeira, Tuttipromo, Incortcar, Repsol e BTL.


 




OUTRAS
18-9-2017»  PASSEIO A FÁTIMA REUNIU 600 SENIORES
18-9-2017»  ALUNOS DE BIOLOGIA E GEOLOGIA CONHECERAM A ISLÂNDIA
18-9-2017»  CÂMARA APOIA ASSOCIAÇÕES COM MEIO MILHÃO DE EUROS
18-9-2017»  MILHARES CELEBRARAM A PAZ, A ARTE E A CULTURA
18-9-2017»  Open Azeméis é o ITF Future mais importante do país
18-9-2017»  CDC apresentou equipa para a época de estreia no futsal
18-9-2017»  Cesarense volta a vencer
18-9-2017»  Macieirense entra a perder no campeonato
18-9-2017»  Cesarense vence e espreita a liderança
17-9-2017»  "SALVARAM A VIDA DO MEU PAI"



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2017